logo
Representação / Imagem de Pexels por Pixabay Representação / Imagem de Pexels por Pixabay
Social 21/07/2021

Alergia ao sol faz mulher ficar presa dentro da própria casa durante onda de calor

Mulher é diagnosticada com condição rara de pele que torna qualquer exposição ao sol extremamente dolorosa.

A moradora de Telford, Susan Heaword, foi diagnosticada com uma condição de pele rara. Ela sofre de uma condição conhecida como erupção polimórfica de luz, ou seja: extrema sensibilidade à luz solar. Por conta disso, sair no sol para tarefas simples como estender a roupa se torna algo muito doloroso. Sua condição também é conhecida como um tipo de alergia ao sol.

Quando sua pele é exposta ao sol, uma erupção de bolhas dolorosas surge por todo corpo. Por isso, mesmo com a onda de calor que afeta o Reino Unido, Susan precisa utilizar protetor solar fator 50 e roupas que cobrem seu corpo. Conforme noticiado pelo Mirror, os efeitos dessa alergia são tão extremos quanto a própria condição.

O diagnóstico veio há 12 anos, após o nascimento de Amélia, sua filha mais velha. “Se alguém encostar em mim, posso chorar. Eu tomo sete banhos frios por dia por causa da dor”. Susan também descreveu a sensação causada pelo sol em sua pele: “Parece uma aranha andando pela minha pele, depois faz cócegas e é como se um milhão de agulhas quentes estivessem atingindo minha pele”.

Onda de calor e alergia ao sol

Diante do anúncio realizado pelo Met Office de que uma onda de calor extremo estava prevista para atingir o Reino Unido ao longo deste mês, Susan ficou ainda mais preocupada. “Sinto-me mal pelos meus filhos porque não consigo desfrutar do tempo com eles. Não consigo nem ficar sentada perto da janela por causa do sol”.

Desde o momento em que foi diagnosticada, Susan permaneceu dentro de casa e evitando constantemente as janelas. O primeiro indício de sua condição foi o aparecimento de uma urticária dolorosa ao tomar sol. “Neste momento os médicos apenas disseram para evitar a luz do sol, mas isso significa ver meus filhos sofrerem. Se eu não posso ter um verão, eles não podem ter um verão”, afirma.

Confira também:

Para controlar sua condição ela precisa manter o uso constante de protetor solar fator 50 e tomar anti-histamínicos. “Tenho que usar blusas e calças compridas no verão e minhas roupas de verão uso no inverno só porque quero usar algo de verão”, finaliza Susan.