logo
Mulher usa pistola de água para tentar apagar tocha Olímpica / Twitter @MothershipSGMulher usa pistola de água para tentar apagar tocha Olímpica / Twitter @MothershipSG
Social 09/07/2021

Vídeo: mulher tenta apagar tocha Olímpica usando uma pistola de água

A tentativa foi um protesto contra a realização dos Jogos Olímpicos de Tóquio.

O protesto, um tanto quanto diferente, foi flagrado durante a passagem da tocha Olímpica na cidade de Mito, Japão. A mulher, de 53 anos, utilizou uma pistola d’agua para tentar apagar a chama durante o tradicional revezamento da tocha.

Kayoko Takahashi, moradora da cidade de Hitachi, decidiu que apagar a chama Olímpica seria uma boa forma de protestar. Além de disparar água na direção da tocha, a mulher gritou frases como “Sem Olimpíadas” e “Parem os jogos”, no momento da passagem do corredor.

Apesar de seu esforço, a chama permaneceu acesa, o corredor saiu ileso, e o percurso foi finalizado sem novos incidentes. No vídeo é possível ver um policial bloqueando a chama com um escudo, enquanto outro prende a mulher.

Polêmica Olímpica

Mesmo com a pandemia de Covid-19, os Jogos Olímpicos de Tóquio estão confirmados e devem começar no próximo dia 23 de julho. Conforme noticiado pelo Daily Mail, Takahashi admitiu o ataque e disse estar protestando contra a realização das Olimpíadas.

A notícia de sua prisão foi confirmada junto a divulgação das restrições envolvendo a cerimônia de abertura dos jogos. Devido as medidas de prevenção ao Covid-19, o evento tradicional que marca o início dos jogos contará somente com a presença de convidados VIPs.

Confira também:

Representantes do Comitê Olímpico Internacional (COI), autoridades estrangeiras e patrocinadores poderão entrar no Estádio Nacional para assistir a cerimônia. A decisão foi tomada após a capital japonesa registrar um aumento de 92% no número de casos confirmados de coronavírus.

Ao que tudo indica, não é somente a cerimônia de abertura que poderá ser realizada sem a presença dos fãs do esporte. Com o aumento das infecções a possibilidade de uma Olimpíada a portas fechas ainda está sendo discutida.

A tocha deverá chegar a Tóquio nesta sexta-feira, mas não serão realizados novos revezamentos em vias públicas, como medida para evitar aglomerações.