Social

Detalhes da operação que matou Lázaro Barbosa e novas informações que são investigadas

Família ainda não retirou corpo de acusado do IML.

Lázaro Barbosa, que ficou conhecido como o “serial killer do DF”, foi morto em confronto com a polícia na última segunda-feira (28). A fuga completou 20 dias de buscas intensas em matas e mais de 270 policiais envolvidos.

A captura e morte do homem de 32 anos, aconteceu próximo à casa que sua ex-esposa mora com a mãe, em Águas Lindas, no entorno do Distrito Federal.

O boletim policial confirmou que 125 disparos foram feitos contra o foragido a partir três armas de fogo, sendo duas pistolas e um fuzil. O secretário municipal de saúde, Rui Borges, confirmou 38 perfurações de bala no corpo de Lázaro.

 “Ao nos aproximarmos mais [do arbusto], foi possível ver duas armas de fogo, uma do tipo pistola, que parou aberta com todas as munições deflagradas, e um revólver calibre 38 com 6 munições deflagrada ”, contam os policiais que relatam encontrar munições, remédios, comida e R$ 4,4 mil em dinheiro vivo no esconderijo com Lázaro.

A lista de itens encontrados pela polícia foi divulgada:

  1. Uma pistola;
  2. Um revólver calibre 38;
  3. Um carregador de pistola;
  4. Um isqueiro;
  5. R$ 4,4 mil em espécie
  6. Uma gandola Camuflada;
  7. Uma balaclava;
  8. Uma luva de pano;
  9. Um frasco branco com óleo;
  10. Um vidro branco com antibiótico Amoxicilina;
  11. Macarrões instantâneo;
  12. Tempero pronto;
  13. Cebola;
  14. Biscoitos.

Detalhes da operação

Os agentes declararam que o confronto foi iniciado após Lázaro não dar espaço para rendição e tentativa de fuga do cerco policial.

Rodney Miranda, Secretário de Segurança Pública e Goiás (SSP-GO), afirma que pessoas apoiavam o acusado e planejam ajudá-lo a sair do estado de Goiás ou até do país, informações que serão investigadas.

“Temos informações que ele atuava como jagunço e segurança de algumas pessoas. A questão de ele querer fugir – patrocinado, logicamente – mostra que ele tinha uma rede que lhe acobertava, com gente não interessada na prisão dele”, explicou, indicando que uma rede criminosa agia por trás do acusado.

Confira mais:

  1. Último vídeo mostra Lázaro Barbosa vivo saindo de mata antes de confronto com a polícia      
  2. Vídeos e imagens fortes após captura de serial killer do DF se tornam virais; polícia tentou negociar
  3. Vídeo mostra momento em que a polícia encontra reféns de serial killer do DF na mata
  4. Vídeo mostra como ficou última casa invadida por serial killer do DF     
  5. Vídeo revela detalhes do confronto com Serial Killer do DF

Em entrevista ao Metrópoles, sua ex-sogra, Lázaro entrou em contato para dar R$ 300  ao filho. A situação surpreendeu, porque até então ele teria dado apenas uma cesta básica para auxiliar a mãe da criança.

A atual esposa de Lázaro confirmou durante entrevista ao jornalista Roberto Cabrini, da TV Record que entrou em contato com ele.

“Ele me mandou áudio e disse que a polícia estava botando um monte de crime no nome dele. Eu falei, ‘moço, se entrega’. E ele disse ‘não me entrego”, revelou a jovem.

A família ainda não retirou o corpo de Lázaro do Instituto Médico Legal (IML) de Goiânia.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos