logo

O Exército do Chile encontrou, na semana passada, os restos mortais de tripulantes de um helicóptero que caiu há 40 anos em uma área de difícil acesso.

De acordo com informações da Rádio Cooperativa CL, o helicóptero sofreu o acidente em 26 de novembro de 1981 no morro El Plomo, região do Valle Nevado, no Chile.

É um helicóptero com registro H159, pertencente ao Exército. E graças aos degelos no local foi avistado em janeiro deste ano por uma aeronave civil, a uma altitude de mais de 5.000 metros. Veja:

Após dias de investigação de como trabalhar no gelo da Cordilheira dos Andes, foi realizada uma busca que levou à descoberta dos corpos da equipe.

Como revelado, trabalharam na operação 40 militares do Exército e mais de 50 pessoas no auxiliou para monitoramento da região perigosa.

Além disso, também contaram com integrantes do Grupo de Operações Especiais da Polícia, como detalhado pelo veículo chileno.

Tripulantes do helicóptero

Os restos mortais encontrados correspondem ao segundo tenente Eduardo Reyes, ao segundo cabo Ramón Sepúlveda e ao agrimensor Mario Benavides, encarregado de realizar o reconhecimento geodésico.

Enquanto isso, a busca continuará para encontrar os restos mortais do piloto, Tenente Ricardo Vizcaya (quarta vítima do acidente).

Ainda de acordo com Cooperativa CL, se o corpo não for avistado, a investigação será encerrada na próxima semana. Confira postagem:

Com informações da Rádio Cooperativa CL

LEIA TAMBÉM: