logo

Uma cobra caninana, espécie conhecida como uma das mais ágeis e rápidas do Brasil, foi capturada no setor industrial da cidade de Vilhena, em Rondônia.

A equipe da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) foi a responsável pelo resgate e soltura da cobra novamente na natureza. Confira o vídeo:

Podendo chegar 2,5 metros de comprimento, a cobra caninana é considerada uma das maiores da Mata Atlântica. Além disso, ela se move rapidamente e com destreza no solo, árvores e água.

Apesar de não ser venenosa, ela pode ser bastante agressiva e intimidar inflando a região atrás da cabeça para dar botes quando se sente ameaçada.

Esta não foi a única espécie de cobra que virou notícia esta semana. Moradores do bairro da Pedreira, em Belém, encontraram uma sucuri de 3,10 metros em uma rodovia. O animal foi encaminhado ao Refúgio de Vida Silvestre (REVIS) e solto na natureza novamente.

Confira mais:

Também conhecida como anaconda, a sucuri está relacionada à ambientes aquáticos e por mais que tenha entre 3 a 4 metros de comprimento em média, pode chegar a até 8, o que a entrega o título de maior espécie de cobra da Amazônia.