logo

A Câmara dos Estados Unidos acaba de aprovar o impeachment de Donald Trump. O presidente, que tem só mais uma semana no cargo máximo do país, está sendo acusado de “incitar à violência” contra o governo.

Segundo o Washington Post, a ação agora segue para o Senado, que se encontra em recesso. Logo, é possível que não seja aprovado antes da posse do democrata Joe Biden, no dia 20 de janeiro.

VEJA MAIS:
◦ Designer cria película de vitral de igreja para colar na janela do avião
◦ Rosto de corvo e um grito assustador: conheça o ‘Papagaio Drácula’
◦ Policiais chegam para interromper festa de swing, mas são confundidos com strippers contratados

Durante o debate no plenário da Câmara, até mesmo o líder republicano Kevin McCarthy afirmou que Trump “tem a responsabilidade” pela violenta tomada do Capitólio na semana passada. Entretanto, ele argumentou contra o impeachment tão perto do final de seu mandato.

A presidente da Câmara, Nancy Pelosi, chamou Trump de “um perigo claro e presente” e defendeu que “ele deve ir”.

Com o resultado, Trump se torna o único presidente estadunidense da História a ser condenado duas vezes pela Câmara dos Deputados. Em 2019, ele havia sido acusado de abuso de poder e obstrução do Congresso.No entanto, a ação foi barrada no Senado, à época majoritariamente republicana.