logo
/ Reprodução/YouTube / Reprodução/YouTube
Social 30/10/2020

‘Duelo em alto mar’: intriga estudiosos aparecimento de tubarões ‘esfaqueados’ em praias

Intriga estudiosos o aparecimento de tubarões ‘esfaqueados’ em praias nos últimos meses, de acordo com informações do site The New York Times.

Pelo menos seis tubarões surgiram na costa do Mediterrâneo, cada um com a mesma arma do crime (lança pontiaguda), e quase sempre na cabeça.

Já com algumas informações, esses casos oferecem o que pode ser uma evidência científica preliminar de duelos subaquáticos de alta velocidade e de alto risco que antes eram confinados aos contos de pescadores.

Como revelado, a espécie espadarte pode ser responsável pelos casos. Por vezes incorretamente associado ao peixe-espada, é um peixe que pode atingir até 4,5 metros e um peso de 540 kg.

Ainda de acordo com as informações, o último aparecimento, que ocorreu em abril, na Líbia deve fornecer novos dados para as pesquisas.

A maioria das vítimas de esfaqueamentos de espadarte no Mediterrâneo foram tubarões azuis ou mako. Ambas as espécies se alimentam de espadartes jovens, sugerindo uma possível explicação do confronto.

A lança pontiaguda é utilizada como instrumento de defesa, o que acaba matando o predador. O objetivo fica cravado, mas supostamente não impediria espadarte de continuar vivo. Confira o vídeo do encontro um tubarão:

LEIA TAMBÉM: