logo
/ Reprodução
Social 29/10/2020

Morador de bairro rico vive 23 anos a mais do que de periferia, mostra Mapa da Desigualdade de SP

O Mapa da Desigualdade, uma pesquisa realizada anualmente pela Rede Nossa SP, mostra que a média de vida de um morador do Jardim Paulista, área nobre da cidade, é 23 anos a mais do que a de um morador do Jardim Ângela, bairro pobre da zona sul.

De acordo com o Mapa, a média de vida no Jardim Paulista é de 81,5 anos, enquanto que no Jardim Ângela esse número cai para 68 anos. Na cidade de São Paulo, a média geral é de 68 anos.

“Como podemos ter numa mesma cidade 23 anos de diferença em locais que estão a 20 km de distancia? É como se andássemos 1 km e perdêssemos um ano de vida”, disse o coordenador-geral da Rede Nossa SP, Jorge Abrahão.

Para calcular a média de idade, pesquisadores usam a soma das idades ao morrer dividida pelo número total de mortes, depois a rede mede a distância entre o melhor e o pior.

O Mapa da Desigualdade compara dados públicos dos 96 distritos de São Paulo com objetivo de dar transparência aos dados públicos e ajudar na elaboração de políticas públicas.