Social

O composto da maconha que pode ajudar o corpo a lutar contra a covid-19

Um estudo publicado na revista Cannabis and Cannabinoid Research mostou que o CBD, abreviação de Canabidiol, pode melhorar os níveis de oxigênio e reduz a inflamação nos pulmões, bem como os danos físicos a estes órgãos.

De acordo com o Publimetro Chile, dez cientistas analisaram como o CBD reduz a tempestade de ocitocinas que danifica os pulmões, aumentando os níveis de um peptídeo natural chamado apelina. Este peptídeo é encontrado nas células do coração, pulmões, cérebro, tecidos de grau e sangue. É um regulador determinante da pressão arterial e da redução da inflamação.

«O tratamento com CBD reduziu a inflamação pulmonar excessiva, aumentando os níveis de oxigênio. Nossos resultados sugerem um papel protetor potencial para o CBD,” disse Dr. Baban, um dos pesquisadores evolvidos na pesquisa.

Confira mais notícias:

  1. Os relatos chocantes de abuso que a série sobre o grupo Menudo não abordou
  2. Vídeo que mostra protesto desesperado de uma professora na Venezuela impacta as redes sociais; ‘eu quero comer’
  3. Mulheres são obrigadas a fazer exames genitais depois que bebê recém-nascido é abandonado em banheiro de aeroporto

Ainda são necessários mais ensaios em humanos antes do CBD ser incluído como parte de um regime de tratamento de covid-19.

É necessário recordar que o canabidiol já é usado em aplicações médicas, nos tratamentos de epilepsia, esclerose, transtornos de ansiedade, entre outros.

De acordo com o portal e-canabidiol, o CBD não tem efeitos psicoativos. Portanto, não causa dependência, não tem contraindicações formais por parte da comunidade científica, é recomendado em diversas patologias graves, inclusive em crianças.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos