logo
/ Reprodução - Guinness World Records / Reprodução - Guinness World Records
Social 26/10/2020

Homem entra para o livro dos recordes por ‘maior número de modificações corporais’

Um homem alemão se tornou uma das mais recentes pessoas a entrar para o Guinness World Records, por um recorde considerado diferente para algumas pessoas, ele tem o “maior número de modificações corporais”.

Segundo informações da empresa, que publica a cada ano novos recordes, o indivíduo que ganhou repercussão nas redes sociais é Rolf Buchholz, que trabalha com TI em uma companhia de telecomunicações da Alemanha e possui atualmente 516 alterações em seu corpo, incluindo 413 piercings.

Com 40 anos atualmente, Buchholz deu início às suas alterações quando tinha apenas 20 de idade, começando por uma de suas tatuagens e um piercing.

 

Veja também:

 

Sobre sua personalidade, relatando se houve alguma alteração devido todas as mudanças, Rolf disse: “As modificações corporais mudaram apenas o exterior. Não mudou. Eu sou a mesma pessoa”, comentou.

Em um vídeo publicado no último dia 23 de outubro, o Guinness World Records mostrou em detalhe todas as modificações que o especialista em TI fez em seu corpo e rapidamente a gravação rendeu diversos comentários, dentre eles:

– “Se isso o deixa feliz e não faz mal a ninguém. Mas não entendo por que alguém iria querer tantos piercings a ponto de prejudicar sua capacidade de falar. Também não consigo imaginar que comer ou beber seja muito fácil para ele”;

– “Parece muito limitante socialmente, além de ser observado o tempo todo, aonde quer que vá. Mas algumas pessoas gostam disto. O olho tatts, porém, muito arriscado, ele poderia facilmente ter acabado cego”;

– “Sim!! Por que diabos não? Cara está incrível!! Só porque não entendemos ou não teríamos feito o que ele fez, não o torna menos valioso. Legal cara! Espero que ele continue fazendo tudo o que o faz se sentir confortável em sua pele especial”.

Como se pode ver, a publicação acabou dividindo opiniões.

Quer conferir os detalhes da mudança de Buchholz? Assista abaixo o vídeo divulgado no Facebook.

 

[facebook url=”https://fb.watch/1muNWRWxGL/” /]