Social

Vazamento na China infecta milhares de pessoas com bactéria

Um vazamento em uma empresa biofarmacêutica na China no ano passado foi responsável pela contaminação de milhares de pessoas no noroeste da China com uma bactéria infecciosa, de acordo com a rede norte-americana CNN.

A contaminação foi confirmada pelas autoridades de saúde de Lanzhou, capital da província de Gansu, nesta terça-feira. De acordo com as informações, 3.245 pessoas foram contaminadas com brucelose, geralmente adquirida por animais. Há ainda 1.401 pessoas testadas como ‘preliminarmente positivas’.

A brucelose, também conhecida como febre de Malta ou febre do Mediterrâneo, é transmitida por uma bactéria e seus principais sintomas são dores de cabeça, dores no corpo, febre e fadiga. De acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC), alguns sintomas podem se tornar crônicos e nunca desaparecerem.

A transmissão é feita por ingestão de alimento contaminado ou por respirar a bactéria, como indica o caso de Lanzhou, onde o gás contaminado com as bactérias vazou no ar e foi levado pelo vento até a cidade, contaminando milhares de pessoas.

O acidente aconteceu no final de julho do ano passado e as infecções começaram a ser relatadas em novembro. Até o final de dezembro, já havia mais de 180 casos.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos