Social

A história do ‘Negro Matapacos’, o cachorro que se tornou ícone dos protestos no Chile

Ícone dos protestos no Chile, protagonista de um documentário e um produto de exportação, que foi visto nas evasões registradas no metrô de Nova York na semana passada, a imagem deste cachorro preto de lenço vermelho no pescoço está cada vez mais popular nas redes sociais.

Mas afinal, quem é o animal valente apelidado de “Negro Matapacos”?

O cachorro cujo nome pode ser traduzido para “Negro Mata Policiais” se tornou famoso após acompanhar e muitas vezes liderar os protestos estudantis em Santiago do Chile que se iniciaram em 2010.

De acordo com o Publimetro Chile, o mascote era visto frequentemente latindo para a polícia, defendendo manifestantes, enfrentando viaturas e os carros que lançam jatos d’água para conter a multidão até agosto de 2017, ano em que morreu.

A imagem do cachorro voltou a ser lembrada nos protestos  sociais deste ano, que já duram duas semanas e meia em diversas regiões do Chile. Confira algumas homenagens:

O gatilho para a onda de protestos foi o aumento de 30 pesos nos bilhetes de metrô em Santiago e as reinvindicações de melhores condições socioeconômicas para todos continuam.

Durante este período, o Instituto Nacional de Direitos Humanos (NHRI) já entrou com 181 ações legais por homicídio, tortura e violência sexual supostamente cometidas por policiais e militares.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos