Apresentado por:Personare

Personare

Sintomas de Burnout: reconheça os sinais e saiba como prevenir

Nosso corpo é sábio e quando não paramos para relaxar, ele nos para! Veja dicas para prevenir e lidar com o Burnout no fim de ano

Sintomas de Burnout: reconheça os sinais e saiba como prevenir
Sintomas-de-Burnout-1024x683.jpg Istockphoto

O termo “burnout” tornou-se tão comum utilizado para se referir a um dia ou semana difícil. O problema, porém, é bem mais sério do que isso. Os sintomas de Burnout podem se confundir com estresse ou cansaço, mas é preciso estar atento a eles para evitar chegarmos ao limite.

ANÚNCIO

A Síndrome de Burnout, também conhecida como Síndrome do Esgotamento Profissional, é uma condição mental que surge frequentemente em situações de excesso de trabalho e de jornadas múltiplas, especialmente entre as mulheres.

Inicialmente comum entre profissionais como médicos, enfermeiros, professores, jornalistas e policiais, o Burnout tornou-se mais prevalente após a pandemia, afetando uma gama mais ampla de pessoas devido ao aumento do trabalho remoto e suas demandas.

Por isso, desde 2022, a Síndrome de Burnout passou a ser considerada oficialmente pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como uma doença, e não mais um caso de saúde mental.

Existem intervenções, inclusive medicamentosas, para tratar o Burnout, mas a melhor forma de lidar com o problema é prevenindo-o. Então, pensando nisso, a seguir você aprende a identificar os sintomas de Burnout e também como pode evitar que o problema se instale na sua vida.

Sintomas de Burnout

Embora a situação possa ser circunstancial na vida de algumas pessoas, alguns de nós trazemos indicativos no Mapa Astral de tendência ao trabalho excessivo – o Burnout.

Por isso, conhecer e identificar os sintomas de Burnout é fundamental para agir precocemente. Os principais sinais são:

  1. Exaustão extrema, física e mental
  2. Dor de cabeça frequente
  3. Alterações no apetite
  4. Insônia
  5. Sentimentos de insegurança
  6. Dificuldade de concentração
  7. Pensamentos negativos constantes
  8. Sentimentos de derrota e incompetência
  9. Desânimo
  10. Alterações de humor
  11. Aumento da pressão arterial
  12. Dores musculares
  13. Isolamento
  14. Problemas gastrointestinais
  15. Surtos de ansiedade
  16. Estados depressivos

Esses sintomas, quando isolados, podem passar despercebidos, mas em conjunto indicam um quadro mais grave.

Leia também:
+ Burnout, a síndrome das mulheres superpoderosas
+ Depoimento: como superei a síndrome de Burnout e me tornei escritora

10 estratégias para prevenir o Burnout

  1. Crie rotinas diárias: estabeleça horários fixos para se alimentar, descansar, se exercitar, cuidar de si. Mas não pule esses compromissos consigo devido a demandas externas.
  2. Estabeleça momentos autocuidado: reserve um tempo do seu dia para fazer algo que ama e que distraia sua mente. Pode ser ler um livro, cuidar da pele, assistir a um vídeo engraçado ou adotar pequenos rituais de bem-estar. Torne este encontro pessoal algo inegociável.
  3. Desconecte-se do trabalho após o expediente: envolva-se em atividades prazerosas com a família e amigos. Não fique no celular ou no computador. Desligue!
  4. Faça exercícios físicos regularmente: praticar atividades físicas ao menos 30 minutos, três vezes por semana, é fundamental. Porque, ao cuidar do corpo, você cuida da mente.
  5. Durma bem: estabeleça um ritual do sono para garantir uma noite reparadora. Quem não dorme bem não acorda bem. Não tem milagre.
  6. Procure terapias integrativas: consultar um terapeuta pode fornecer orientações valiosas. Aromaterapia, Terapia com Cristais, Reiki, Limpezas Energéticas… escolha a que melhor se encaixa na sua vida.
  7. Evite automedicação: sempre consulte um profissional antes de tomar qualquer medicação. Caso contrário, você pode apenas mascarar os sintomas e deixar a situação de agravar.
  8. Expresse seus sentimentos: converse com amigos ou escreva sobre seus sentimentos. Vale, ainda, escrever tudo pelo que você sente gratidão, desde o ar que respira até sua família.
  9. Reflita sobre seus sentimentos: avalie suas emoções diariamente e procure ajuda se necessário. Conte com o time de especialistas do Personare para te ajudar.
  10. Inove sua rotina: faça pequenas mudanças para sair do piloto automático e apreciar mais a vida. Se puder, medite logo cedo ou antes de dormir. Aqui você encontra meditações para relaxar que podem te ajudar muito.

O que fazer caso suspeite de Burnout

O diagnóstico de Burnout deve ser feito por profissionais de saúde mental, como psiquiatras e psicólogos. Não esqueça disso. E procure ajuda sempre!

Mas, caso suspeite de alguns sintomas de Burnout, preferencialmente logo no início, tente adotar as medidas abaixo. É um passo a passo:

  1. Faça uma pausa: tire um final de semana para você, mas não faça nada relacionado a trabalho. Durma o quanto quiser, até a hora que quiser. Coma direito, comidas saudáveis e nutritivas. Faça atividades que sejam relaxantes para você.
  2. Desconecte-se completamente: evite checar e-mails ou atender chamadas de trabalho, nem mesmo as urgentes – claro que não em casos pessoais ou familiares.
  3. Observe seus sentimentos: se na segunda-feira você acordar cansada e aterrorizada de começar o dia, é um sinal claro de Burnout.
  4. Saia de férias: então, se quiser determinar quão grave é, tire duas semanas de férias. Então, durante esse período, mantenha-se afastado de atividades exaustivas e concentre-se em descansar e se nutrir.
  5. Busque ajuda profissional: se após duas semanas de descanso você ainda se sentir exausta, é fundamental repensar seu estilo de vida e buscar ajuda profissional.

Leia mais:
+ Seu trabalho te define? Entenda porque nosso senso de valor está na profissão
+ Estresse prolongado vai além da Síndrome de Burnout – saiba identificar

+ Saiba tudo sobre o seu jeito ser, desafios e potenciais. Faça o seu Mapa Astral aqui e leia uma amostra grátis.

+ Descubra oportunidades e desafios de Abril a Junho de 2022 nas suas Previsões Numerológicas, leia agora sua amostra grátis.

+ Quer mais previsões para o seu dia? Aqui tem um horóscopo gratuito baseado em todo o seu Mapa Astral, leia agora!

+ Tarot: tire 13 cartas e descubra o que pode rolar na sua vida nos próximos seis meses. Jogue agora!

Marcia Fervienza

Astróloga e terapeuta há mais de 20 anos. Associa sua experiência com aconselhamentos analíticos ao trabalho com Astrologia para facilitar o autoconhecimento, o empoderamento e a transformação pessoal.

info@marciafervienza.com

Tags

Últimas Notícias