logo
/ Governo do Estado de São Paulo/Divulgação / Governo do Estado de São Paulo/Divulgação
Foco 04/06/2021

Saiba como tirar o RG durante a pandemia

Entenda como solicitar tanto a primeira como a segunda via do documento

Por : Metro World News

A pandemia do novo coronavírus fez surgir muitas perguntas em relação ao funcionamento de alguns serviços, como a emissão de documentos. Pensando nisso, o Metro World News te ajuda a esclarecer uma dúvida frequente: como tirar o RG neste período?

Antes de mais nada, é importante saber que os postos do Poupatempo estão trabalhando de acordo com os protocolos determinados pelo Plano São Paulo, com capacidade de atendimento reduzida.

Para solicitar a primeira via do RG, é preciso agendar o serviço nos canais digitais e comparecer presencialmente na unidade escolhida.

O agendamento é obrigatório e deve ser feito no portal, no aplicativo Poupatempo Digital ou nos totens de autoatendimento. 

Já a segunda via, em alguns casos, pode ser feita totalmente de forma online. O cidadão tem a opção de receber o documento em sua residência, pelos Correios. 

O tempo médio para a emissão do RG é de até cinco dias úteis.
No site, o cidadão encontra informações detalhadas sobre os prazos. Basta acessar o menu ‘Ajuda’ e em seguida ‘Informações sobre serviços’. 

Preciso mesmo ir ao Poupatempo para tirar a primeira via?

Sim. Para emissão da primeira via do RG é necessário comparecer presencialmente a uma unidade para realizar a coleta biométrica das impressões digitais, assinatura e foto.

Já a segunda via, em alguns casos, pode ser feita de forma remota, pelo app RG Digital SP, da Polícia Civil ou em totens de autoatendimento do Poupatempo. 

O pedido pode ser feito por qualquer cidadão com 16 anos ou mais e que possua um RG anterior emitido no Estado de São Paulo, após agosto de 2014. O documento já conta com um QR Code, que é a garantia de que as informações já estão no Sistema Automatizado de Identificação Biométrica da Polícia Civil.

Qual o passo a passo para pedir a segunda via?

Nos totens do Poupatempo, o próprio cidadão realiza a validação biométrica e o pagamento da taxa de emissão, que pode ser feito em cartão de débito bancário, durante a solicitação do documento. Nesse caso, o novo RG será enviado pelos Correios ao endereço do solicitante, no Estado de São Paulo, e mediante pagamento da postagem.

Os equipamentos de autoatendimento estão disponíveis em estações do Metrô e da CPTM, shoppings, supermercados, e unidades do Descomplica SP, por exemplo, durante todo o horário de funcionamento dos estabelecimentos.

Para informações sobre os endereços, basta acessar o portal e clicar na opção ‘Locais de Atendimento’.  

Já no aplicativo da Polícia Civil, a validação é feita pelo celular e o cidadão recebe as orientações para pagamento da taxa em seu e-mail de cadastro. Nesse caso, a retirada do documento ocorre após cinco dias úteis, no local escolhido pelo usuário durante a solicitação online.  

O app RG Digital SP está disponível para ser baixado gratuitamente na Play Store (Android) e na App Store (IOS). Com tecnologia de reconhecimento facial, ele permite ainda que a identidade virtual seja baixada e armazenada no aparelho celular.

Para ajudar a entender melhor todo o processo, o portal do Poupatempo oferece um vídeo explicativo, que também pode ser acessado pelo Youtube no link.