Foco

Suspeito de matar menina de 10 anos que foi à padaria e nunca mais voltou é encontrado morto

Relembre o caso que chocou Minas Gerais

Bárbara Vitória, de 10 anos, é encontrada morta em MG

Um homem suspeito de envolvimento no assassinato da menina Bárbara Vitória, de 10 anos, foi encontrado morto na tarde da última quarta-feira (3) em uma casa no bairro Cachoeirinha, na Região Nordeste de Belo Horizonte, em Minas Gerais.

Há indícios de que Paulo Sérgio de Oliveira, de 50 anos, tenha cometido suicídio, mas ainda não é possível determinar a causa da morte com precisão. As informações são da Polícia Militar e da Polícia Civil.

O homem chegou a ser levado à delegacia na última segunda-feira (1º) depois que as autoridades encontraram um saco de pão em sua casa semelhante ao que Bárbara havia comprado. Ele, contudo, acabou liberado.

A princípio, Paulo negou conhecer a garota e disse que não era aquele que aparecia nas imagens registradas pelas câmeras de segurança. Mais tarde, porém, confirmou que aparecia no vídeo e que conhecia Bárbara, mas negou ter feito algo com ela.

Relembre o caso

Bárbara Vitória estava desaparecida desde o último domingo (31) em Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, mas foi encontrada morta na terça-feira (2). Ela havia saído de casa para ir à padaria e não voltou mais.

O corpo da criança foi localizado por uma estudante em um matagal próximo a um campo de futebol. Ela estava sem as roupas de baixo e havia sinais de violência.

Segundo familiares, a menina brincava em frente à casa em que morava, na Região de Venda Nova, limite com o município da Grande BH. No fim da tarde, o pai pediu que ela fosse à padaria, que ficava a poucas quadras dali.

A demora de Bárbara preocupou os parente, já que ela estava habituada a fazer o trajeto. Decidiram, então, informar o caso à polícia.

Imagens de circuito de segurança mostram a menina na fila do caixa da padaria. Depois de ser atendida, ela se despede de uma atendente e sai com um saco de pães nas mãos.

Em seguida, outra câmera registra o momento em que Bárbara desce uma rua, correndo. Quase meia hora depois, um outro registro mostra a garota correndo em frente a outro comércio. Após apenas um minuto, a mesma câmera revela dois homens também correndo na mesma direção que a vítima.

LEIA TAMBÉM:

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos