Foco

Elize Matsunaga tem liberdade condicional concedida, segundo defesa

Ela foi presa após balear e esquartejar o marido Marcos Matsunaga.

elize

A Justiça concedeu liberdade condicional a Elize Matsunaga de acordo com informação confirmada pelo advogado dela, Luciano de Freitas Santoro, ao G1.

Ela foi presa há 10 anos por matar marido Marcos Matsunaga em 2012, o assassinato é popularmente conhecido como o “Caso Yoki”.

Dessa forma, Elize cumpre o restante da pena em liberdade e deixa a prisão Santa Maria Eufrásia Pelletier, em Tremembé (SP), onde esteve ao lado de detentas como Suzane Von Richtoffen e Anna Jatobá.

Confira mais: Elize Matsunaga: Revelam como foi a 1ª entrevista da mulher que confessou assassinar e esquartejar o marido

Mesmo condenada a 19 anos e 11 meses de prisão, em 2019 o Superior Tribunal de Justiça (STJ) reduziu para 16 anos e três meses a pena.

Atualmente, Elize planeja lançar sua autobiografia “Piquenique no Inferno”. Você pode saber mais detalhes sobre o que ela relatou no livro, escrito a mão, clicando aqui!

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos