Foco

7 dicas para se dar bem em entrevistas de emprego

Sua meta em 2022 é conseguir um novo trabalho? Saiba como se destacar nos processos seletivos

Se preparar para os processos seletivos faz toda a diferença

Uma das principais metas quando se inicia o ano é conseguir um emprego. Depois de praticamente dois anos de pandemia, o mercado se mostra otimista em relação a contratações.

Para conquistar uma nova posição, porém, é preciso estar preparado para os processos seletivos. André Alves, head de operações da Empodera, plataforma de educação para desenvolvimento de carreira e oportunidade de vagas de estágio, trainee e efetivo, dá algumas dicas valiosas para ajudar nesta etapa. Confira:

  • Pesquisa sobre a empresa

Pesquisar sobre a empresa antes do processo seletivo é fundamental. Ninguém viaja para algum lugar sem antes saber alguns detalhes, certo? Então, saiba qual é o campo de atuação, se é nacional ou multinacional e há quanto tempo a empresa atua no mercado. Como funciona este mercado, qual o papel da empresa e o tamanho dela.

  • Mostre quem você é

Atualmente as empresas procuram profissionais que estejam realmente ligados com a cultura da empresa e que sejam “verdadeiros”. Ser real é mostrar que você tem personalidade e passa confiança.

  • Conheça suas soft skills e hard skills

Soft skills são habilidades comportamentais ou interpessoais que são difíceis de ser mensuradas. Por exemplo criatividade, empatia e adaptabilidade. Já as hard skills são habilidades técnicas que podem ser comprovados através de uma graduação, pós-graduação ou cursos de aperfeiçoamento que você fez. Tendo estes dois termos em mente você já pode traçar o que pode dizer.

  • Experiências informais também tem valor

Muitas empresas aceitam experiências não formais, como trabalhos voluntários, participação em organizações estudantis. Afinal de contas não deixam de ser vivências e devem sim ser colocadas no currículo. Sempre destaque o que você aprendeu, principalmente se tiver relação direta ou indireta com a função solicitada no cargo. Inclusive, para quem está tentando o primeiro emprego formal, é uma ótima ideia incluir no currículo essas experiências.

  • Se prepare para as perguntas

Duas perguntas são normalmente realizadas: “quais são seus objetivos” ou “o que você tem de melhorar”. Suas respostas vão mudar toda a situação. Responda sempre de maneira diferenciada dos outros. Dizer que seu objetivo é “contribuir para as vendas da empresa” já foi bastante utilizado. Diga que com sua experiência e conhecimentos você motivará a equipe a ter melhores vendas e manter o cliente cativado, por exemplo.

  • Se conheça e se descreva

A entrevista é, sem dúvidas, uma etapa decisiva, e o tempo nem sempre é seu aliado, então o pitch é fundamental. Ele funciona da seguinte maneira: você tem pouco tempo para apresentar os seus melhores pontos, ou seja, é preciso se vender no menor tempo possível. Separe de dois a três minutos para dizer sobre você: seu nome, seus diferenciais, onde mora e com quem, idade, o que faz e o que já fez. Procure chamar a atenção dos recrutadores com o que de mais diferente aconteceu em sua trajetória, principalmente as superações e conquistas, finalizando com o que pode oferecer para empresa. Já é bom ir treinando!

  • Saiba onde é o local do processo seletivo ou se for online se prepare antes

A pandemia mudou bastante a maneira como os processos seletivos têm ocorrido. Antes eles eram todos presenciais. Agora passaram a ser parcialmente ou de forma remota. Mas mesmo o processo sendo virtual, procure saber por qual plataforma será realizado. Se possível, faça testes de som e imagem para que não ocorra falhas. Fique em um local silencioso, deixe papel e caneta próximos e sua garrafinha de água também. Caso seja presencial, pesquise antes o local e a maneira de se locomover. Busque chegar um pouco antes do horário combinado.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos