Foco

Sócio da boate Kiss se entrega em Santa Catarina após condenação

Outros três condenados já haviam se entregado após ordem de ministro do STF

Mauro Londero Hoffmann, de 56 anos e sócio da boate Kiss, se entregou à polícia de Santa Catarina nesta quarta-feira (15). Ele foi condenado a 19 anos e seis meses de prisão por homicídio simples com dolo eventual pelo incêndio que matou 242 pessoas em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, em 2013.

Acompanhado de um advogado, o empresário se apresentou no Unidade Prisional de Tijucas por volta das 8h.

LEIA TAMBÉM:

Na sexta-feira passada (10), a prisão de Hoffmann e outros três réus do caso chegou a ser decretada pelo juiz Orlando Faccini Neto. No entanto, foi lhes dado o direito de recorrerem em liberdade por meio de habeas corpus preventivo.

Ontem, contudo, o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luiz Fux suspendeu o benefício e mandou prender os quatro condenados.

Ontem, o ex-vocalista da banda Gurizada Fandagueira Marcelo de Jesus dos Santos e o ex-produtor musical Luciano Bonilha se apresentaram em São Vicente do Sul, no interior do Rio Grande do Sul. Já o outro sócio da boate Kiss, Elissandro Spohr, compareceu no cartório do 2° Juizado da 1ª Vara do Júri, em Porto Alegre.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos