Foco

Justiça mantém prisão de jovem algemado e arrastado por PM em moto, em SP

Magistrada que analisou o caso não viu ilegalidade na prisão; policial foi afastado durante inquérito

O jovem de 18 anos, que foi algemado por um policial militar e puxado por uma moto, na Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, na Vila Prudente, Zona Leste de São Paulo, continua preso. Ele passou por audiência de custódia na tarde desta quarta-feira (1º) e a Justiça decidiu transformar a prisão em flagrante por tráfico de drogas em preventiva.

Segundo a decisão da juíza Julia Martinez Alonso de Almeida Alvim, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), o rapaz foi flagrado com 11 tabletes de maconha e confessou em depoimento que ganharia R$ 1,5 mil para levar a droga até a região de São Mateus.

LEIA TAMBÉM:

A defesa do rapaz chegou a incluir as imagens do momento da prisão para análise da magistrada, alegando ilegalidade por causa da conduta policial. No entanto, ela destacou que não viu irregularidades e solicitou que o jovem seja submetido a um exame de corpo de delito.

“Considerando a alegação de violência policial e que foi arrastado junto à motocicleta, encaminhe-se o autuado ao IML”, disse a juíza.

A defesa do rapaz destacou que vai recorrer da decisão.

Flagrante

O policial militar foi flagrado em um vídeo ao puxar o jovem algemado a uma moto. As imagens, que circulam nas redes sociais, mostram que o rapaz estava com o pulso preso à traseira do veículo e apresentava dificuldades de andar. Após a repercussão do caso, a Secretaria de Segurança Pública informou que o PM foi afastado.

O vídeo foi feito por pessoas que estavam dentro de um veículo e ficaram revoltadas com a cena. Nele, é possível ver o jovem detido de calça preta e camiseta de manga comprida, correndo atrás da moto conduzida por um policial militar.

Na manhã desta quarta-feira (1º), a ex-deputada federal Manuela D’Ávila compartilhou as imagens e destacou que esse tipo de cena não pode ser normalizada. “Heranças da escravidão que persistem no Estado brasileiro”, apontou ela, cobrando explicações da Polícia Militar.

De acordo com a boletim de ocorrência, o jovem foi preso por suspeita de tráfico de drogas e de dirigir sem habilitação. Ele teria furado um bloqueio policial e foi detido por volta das 15h de terça-feira (30).

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública informou que, “imediatamente após tomar ciência das imagens”, a Polícia Militar determinou a “instauração de um inquérito policial militar para apuração da conduta do referido policial e o seu afastamento do serviço operacional”.

O texto destacou, ainda, que a “Polícia Militar repudia tal ato e reafirma o seu compromisso de proteger as pessoas, combater o crime e respeitar as leis, sendo implacável contra pontuais desvios de conduta.”

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos