Foco

Quadrilha especializada em roubos de caminhões é presa e três vítimas são resgatadas em SP

Ação ocorreu na região de Presidente Prudente, no interior, nesta sexta-feira

Quadrilha especializada em roubos de caminhões é presa em SP

A PM (Polícia Militar) prendeu seis integrantes de uma quadrilha especializada em roubos de caminhões na manhã desta sexta-feira (26), na região de Presidente Prudente, no interior de São Paulo. Na ação, três vítimas foram resgatadas.

Uma equipe do TOR (Tático Ostensivo Rodoviário) realizava patrulhamento pela Rodovia Raposo Tavares quando observou um veículo se afastando de um caminhão, em atitude suspeita. Os agentes deram ordem de parada aos seus dois ocupantes, o que não foi acatado. A dupla iniciou a fuga, mas acabou alcançada pelos militares.

LEIA TAMBÉM:

No interior do carro foram encontrados capacetes de proteção individual e crachás semelhantes aos localizados com um grupo criminoso preso recentemente na região pela prática de roubos de caminhões, o que levantou ainda mais suspeitas.

A dupla foi detida, e os policiais retornaram ao local onde ela foi vista inicialmente. No endereço, abordaram o motorista do caminhão, que alegou não ser proprietário do veículo e disse que a carreta tinha sido entregue a ele pelos dois detidos para que apenas realizasse o seu transporte até um local a combinar.

Entrevistados separadamente, no entanto, os três homens confessaram o crime de roubo e indicaram a localização do cativeiro onde o verdadeiro motorista do caminhão estava sendo mantido.

No local, uma chácara em Regente Feijó, os PMs rodoviários localizaram três vítimas amarradas e sob efeito de remédio. Duas delas foram abordadas pelo grupo durante outro roubo a caminhão. Todas foram encaminhadas à Santa Casa de Martinópolis.

Em buscas realizadas nas proximidades do cativeiro, outros três integrantes da quadrilha foram localizados e presos. Um revólver calibre 38, produto de furto, foi apreendido.

O caminhão de uma das vítimas foi restituído e o carro usado pela quadrilha recolhido, assim como sete celulares, cartelas de comprimidos e demais objetos.

Exames periciais foram solicitados e os seis autores, levados à 1ª DIG (Delegacia de Investigações Gerais), da Deic (Divisão Especializada de Investigações Criminais) de Presidente Prudente. Na unidade, eles foram autuados em flagrante por sequestro e cárcere privado, roubo de veículo, receptação, porte ilegal de arma de fogo de uso permitido, tortura e promover, constituir, financiar ou integrar organização criminosa.

A prisão preventiva do grupo foi solicitada e todos os presos encaminhados ao cárcere para permanecerem à disposição da Justiça.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos