Foco

Confira sete passeios gratuitos para fazer em São Paulo

Metro World News selecionou lugares onde é possível se divertir sem pagar nada e respeitando os protocolos contra covid-19

O feriado nacional da Proclamação da República, comemorado na próxima segunda-feira (15), estendeu um pouco mais este fim de semana. Assim, nada melhor do que aproveitar para curtir um belo passeio pela capital paulista, principalmente se for gratuito.

O Metro World News selecionou sete lugares, entre exposições, museus e até um cinema drive-in onde é possível se divertir sem pagar nada, além de seguir os protocolos sanitários contra a covid-19.

Confira abaixo:

Daisy Balloon na Japan House

A Japan House, que fica na Avenida Paulista, está com uma exposição de tirar o fôlego. Criada pela dupla japonesa Daisy Balloon, a obra “Equilíbrio” conta com mais de 9 mil balões, somando 11 metros de comprimento por três de altura. Ela pode ser conferida na área expositiva no térreo até o próximo dia 28 de novembro.

A entrada na Japan House é gratuita e é possível fazer a reserva antecipada pela internet. Quem não garantir o ingresso antes, tem que aguardar a disponibilidade para acesso, já que o local opera com capacidade reduzida em função dos protocolos sanitários contra a covid-19. Além disso, é obrigatório o uso de máscaras.

O local funciona de terça a sexta-feira, das 10h às 18h. Aos sábados, das 9h às 19h, e domingos e feriados das 9h às 18h. A Japan House fica na Avenida Paulista, número 52, na Bela Vista.

Cine Buzina no Sambódromo do Anhembi

Que tal aproveitar a folga para curtir um cinema de um jeito diferente? O Cine Buzina oferece uma programação de 25 filmes, que podem ser vistos gratuitamente no sistema drive-in, no Sambódromo do Anhembi.

As sessões são realizadas às quintas, sextas, sábados e domingos, às 18h30 e às 21h. Entre as produções em cartaz estão “Star Wars: Episódio IX - A Ascensão Skywalker” (2019), “Mulher-Maravilha 1984″ (2020), “Coringa” (2019), “WiFi Ralph: Quebrando a Internet” (2018) e “Tenet” (2020).

Clique aqui para ver a lista com os 25 filmes

Para participar das sessões, basta reservar seu ingresso na internet. Cada carro pode levar até 4 pessoas, que devem usar máscaras. Além disso, será feita a medição de temperatura na entrada.

O Sambódromo do Anhembi fica na Avenida Olavo Fontoura, número 1209, em Santana.

Arte indígena no MAM SP

O Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM SP) está com a mostra “Moquém_Surarî: arte indígena contemporânea” em exibição até o dia 28 de novembro. As obras trazem trabalhos de 34 artistas de vários povos, entre pinturas, esculturas e obras em outros suportes.

Entre os destaques estão os trabalhos do Makuxi Jaider Esbell, que também é o curador da mostra; criações do líder indígena, escritor e filósofo Ailton Krenak; tecelagens de Bernaldina José Pedro; esculturas de Dalzira Xakriabá e Nei Xakriabá.

A entrada é gratuita, mas deve ser antecipada pela internet. É obrigatório o uso de máscaras durante a visitação, assim como a medição de temperatura na entrada e o distanciamento social.

O museu funciona de terça a domingo, das 10h às 18h, e fica na Avenida Pedro Álvares Cabral, s/nº – Portões 1 e 3.

Mercadão das Flores

Os amantes de plantas têm uma ótima opção de passeio na Vila Leopoldina. A entrada no Mercadão das Flores é gratuita, mas ninguém garante que é possível sair de lá sem comprar algum dos diversos tipos de flores, vasos, sementes e objetos de decoração que são vendidos por 350 expositores. O espaço de 21 mil metros quadrados encanta a todos, mesmo que seja apenas para conhecer novas espécies de plantas exóticas.

Além de todo esse atrativo natural, o espaço é pet friendly, o que significa que seu animal de estimação também pode participar do passeio. Também está disponível no local um hortifrúti, empório e uma área dedicada a paisagistas e arquitetos para a elaboração de arranjos.

O Mercadão das Flores funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h, e aos sábados das 8h às 17h, e fica na Rua Hayden, 105, na Vila Leopoldina.

‘Encontros Poéticos e Circulares’ na Casa das Caldeiras

No domingo (14), uma opção de passeio gratuita em São Paulo fica na Casa das Caldeiras, que recebe o projeto “Encontros Poéticos e Circulares”. Entre as atividades estão aulas de yoga para crianças, vivências, oficinas, bate-papos, performances, espetáculo e sessão de documentário.

Um dos destaques é a peça infantil “Soslaio – O sol por entre as Frestas”, com Plinio Meirelles e Carlos Medeiros, da Cia dos Afetos. A história narra o encontro entre dois cidadãos em um ponto de ônibus da cidade e é de lá que eles aprendem a apreciar o cotidiano.

A programação segue até o dia 19 de dezembro, sempre aos domingos, das 10h45 às 11h30. A entrada é gratuita, mas é preciso fazer o agendamento prévio pela internet. A Casa das Caldeiras fica na Avenida Francisco Matarazzo, número 2000, na Água Branca.

Museu da Energia de São Paulo

O Museu da Energia de São Paulo é uma ótima opção de passeio com as crianças. Ele conta como a energia chegou ao estado, com equipamentos interativos, jogos, projeções de filmes e experiências científicas.

O visitante também poderá conferir documentos, miniaturas de hidrelétricas, ferros de passar, televisores, rádios e dezenas de outros objetos antigos que os levam a uma verdadeira viagem no tempo.

O museu foi inaugurado em 2005 e ocupa um imóvel que é pura história. Trata-se de um palacete que foi residência de Henrique Santos Dumont, irmão do aviador Alberto Santos Dumont, o inventor do 14-BIS.

O local funciona de quarta a sábado, das 11h às 17h. Aos sábados entrada é gratuita, mas precisa de agendamento pela internet. Além disso, são exigidos os protocolos sanitários contra covid-19, como uso de máscaras.

O museu fica na Alameda Cleveland, número 601, em Campos Elísios.

Casa das Rosas

Outro lugar perfeito para fazer uma viagem ao passado é a Casa das Rosas, que fica na Avenida Paulista. O museu, que funciona em uma mansão tradicional que segue preservada, é voltado a difusão da poesia e da literatura. Além disso, conta com um belo jardim, cheio de flores, que é uma atração à parte como cenário para belas fotografias.

O local também oferece cursos, oficinas de criação e crítica literárias, palestras, ciclos de debates, lançamentos de livros, sessões de cinema, apresentações literárias e musicais, saraus, peças de teatro e exposições. Os visitantes ainda podem se deliciar em um café recheado de delícias.

O museu funciona de terça-feira a domingo, das 10h às 18h. A entrada é gratuita, mas é preciso fazer agendamento prévio no site. Os protocolos de controle da pandemia também são seguidos, como uso de máscaras e medição de temperatura.

A Casa das Rosas fica na Avenida Paulista, número 37, bairro Bela Vista.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos