Foco

Ao menos 14 capitais registram atos contra o governo de Jair Bolsonaro

Manifestantes reclamam da alta nos combustíveis, alimentos e gás.

Manifestações contra o governo Bolsonaro são registradas pelo país e exterior

Até o início da tarde deste sábado (2) ao menos 14 capitais já registravam atos a favor do impeachment do presidente Jair Bolsonaro. Em geral, os protestos ocorreram de maneira pacífica.

As manifestações em algumas cidades tiveram início pela manhã, como foi o caso do Rio de Janeiro, Salvador, Recife, São Luís, João Pessoa, Fortaleza, Palmas, Belém e Campo Grande. Em São Paulo, manifestantes se concentram na Avenida Paulista desde o início da tarde.

LEIA TAMBÉM:

  1. Avenida Paulista tem manifestantes contra Bolsonaro, barracas de sindicatos e partidos de oposição
  2. Atos contra governo Bolsonaro já reúnem manifestantes e assunto lidera no Twitter

Em Fortaleza, por exemplo, o encontro começou na Praça da Bandeira e seguiu até a Praça do Ferreira, ponto turístico e histórico da capital cearense. Já em João Pessoa, o protesto com caminhada e carreata terminou por volta do meio-dia no Ponto de Cem Réis, depois de ter partido do colégio Lyceu Paraibano, no Centro, e passado pelo Parque da Lagoa.

Segundo registros de entidades apoiadoras dos atos, como a União Nacional dos Estudantes (UNE) e Central Única dos Trabalhadores (CUT) nas redes sociais, já ocorreram também atos em Boa Vista, Maceió, Teresina e Goiânia.

Em geral, os gritos dos manifestantes foram contrários ao aumento no preço dos combustíveis, dos alimentos e do gás de cozinha. Muitos dos presentes homenagearam, ainda, as vítimas da covid-19.

De acordo com a organização, os atos devem ocorrer em 305 cidades de todos os Estados e do Distrito Federal.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos