Foco

‘Hulkinho do tráfico’ é solto após audiência de custódia no DF, mas usará tornozeleira eletrônica

Ele não pagou fiança, porém vai responder por tráfico de drogas.

O traficante e garoto de programa, Jean Ferreira Leal, de 27 anos, mais conhecido como “Hulkinho do tráfico”, que estava preso desde terça-feira (21), foi solto pela Justiça do Distrito Federal após audiência de custódia, realizada na manhã desta quinta-feira (23). Ele não pagou fiança, mas terá que usar tornozeleira eletrônica enquanto cumprir a liberdade provisória, pelo prazo de 90 dias.

Segundo a decisão judicial, Jean deve estar em casa das 20h às 6h todos os dias da semana. Além disso, «Hulkinho» terá obrigação de comparecer a todos os atos do processo que responde por tráfico de drogas e está proibido de mudar de endereço sem comunicar previamente o juízo competente, além de não poder ausentar-se do Distrito Federal por mais de 30 dias sem comunicar a Justiça.

Leia também:

  1. Idoso tem ataque cardíaco e morre ao ser atropelado por criminoso a bordo de seu próprio carro em São Paulo
  2. Polícia apreende adolescente suspeito de atirar e matar neto de Luciano do Valle, em SP
  3. Cerca de 14 mil animais silvestres são resgatados de janeiro a julho em São Paulo

Além de Jean, outro homem de 22 anos foi preso na mesma ação policial por tráfico de drogas. Segundo a investigação, ele era o fornecedor dos entorpecentes comercializados por «Hulkinho». Ele também foi solto e terá que usar tornozeleira eletrônica.

Segundo a polícia, «Hulkinho» atendia o público gay do Distrito Federal e vendida pacotes de sexo com as drogas inclusas. Entre as opções do cardápio do traficante estavam cocaína e drogas sintéticas, como comprimidos de ecstasy.

Quando foi preso, ele negociava em uma padaria com um cliente a venda de cocaína conhecida como “escama de peixe”, que possui alto teor de pureza e é mais cara que a droga comum. As testemunhas que estavam no local confirmaram aos policiais que ele ele costumava vender drogas nos bares e festas da cidade.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos