Foco

Profissionais da saúde poderão se inscrever na ‘xepa’ para dose de reforço contra covid-19 em SP

Medida vale para quem já concluiu vacinação há pelo menos 6 meses.

Profissionais da saúde maiores de 18 anos e que tenham tomado o imunizante contra covid-19 há pelo menos seis meses poderão se inscrever, a partir desta quinta-feira (23), na «xepa da vacina» da capital paulista. A informação foi confirmada nesta quarta-feira (22) pelo secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido, que ressaltou que a medida vale para a dose de reforço.

A lista de espera visa aproveitar as doses remanescentes que ficam nos postos da capital no final de cada dia. Segundo Aparecido, cada unidade deverá organizar lista de espera com os usuários de sua área de abrangência, que atendam aos critérios de intervalo entre as doses. Serão aplicadas as marcas de imunizantes que estiverem disponíveis.

Leia também:

  1. Presa quadrilha que usava call center em SP para aplicar golpes em idosos de todo o país
  2. Linha 17-Ouro do Metrô: Pista expressa da Marginal Pinheiros será interditada na terça e na quinta-feira
  3. Estado de SP registra menor número de internações desde o início da pandemia
  4. São Paulo vai entregar 2,5 milhões de doses da Coronavac a outros estados
  5. Prefeitura de Diadema recebe inscrições de concurso com 81 vagas temporárias para agente de cozinha

Além dos profissionais de saúde, nas condições citadas acima, também podem se inscrever na «xepa» idosos com mais de 60 anos que tomaram a segunda dose ou dose única há pelo menos 6 meses.

Já para quem precisa adiantar a segunda dose da vacina, pode se inscrever na «xepa» quem já tomou a primeira dose a partir de 30 dias, no caso da Pfizer ou Astrazeneca, e a partir de 15 dias, no caso da Coronavac.

Para evitar aglomerações e não perder a viagem é importante consultar o site De Olho na Fila, da Prefeitura de São Paulo, que além de mostrar a situação dos postos também indica se o imunizante procurado está disponível no momento.

Antecipação da Pfizer

O Governo de São Paulo anunciou nesta quarta-feira a antecipação de 12 para 8 semanas da segunda dose da vacina da Pfizer. A medida passa a valer a partir desta sexta-feira (24).

De acordo com a coordenadora-geral do Plano Estadual de Imunização, Regiane de Paula, 2 milhões de doses do imunizante já estão sendo encaminhados para os municípios para iniciar a antecipação da vacinação.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos