Foco

Embaixadas pedem que se evite aeroporto de Cabul por risco de atentado

“Evitem o aeroporto de Cabul” é o apelo dirigido por várias embaixadas aos estrangeiros que continuam na capital do Afeganistão. O motivo é a ameaça de um ataque terrorista por parte de combatentes do autodenominado Estado Islâmico.

Os serviços diplomáticos dos Estados Unidos, do Reino Unido e da Austrália garantem que o nível de risco é elevado, uma situação que pode atrasar os voos de repatriamento que estão ocorrendo. Os três países emitiram avisos simultâneos, muito específicos e quase idênticos nessa quarta-feira (25) à noite.

As pessoas que se encontram no aeroporto, sobretudo «nas entradas leste e norte, devem sair imediatamente», disse o Departamento de Estado norte-americano, citando «ameaças à segurança».

LEIA TAMBÉM:

  1. Mega-Sena acumulou
  2. Preso por agredir a ex-mulher, DJ Ivis tem novo pedido de habeas corpus negado pela Justiça
  3. VÍDEO: homem pula em janela de carro desgovernado e consegue evitar acidente
  4. Menina de 11 anos morre após ser espancada no litoral de São Paulo; mãe é principal suspeita

Faltam cinco dias para terminar o prazo dado pelo movimento Talibã para o fim das operações de repatriamento no Afeganistão. Milhares de pessoas continuam a chegar ao aeroporto para tentar fugir do país.

Estados Unidos

O secretário de Estado norte-americano, Anthony Blinken, diz que os Estados Unidos têm o direito de ajudar cidadãos americanos e afegãos em risco a sair do Afeganistão depois de 31 de agosto.

Ele espera que os talibãs cumpram a promessa de não bloquear o acesso ao aeroporto a essas pessoas.

Reino Unido

Em entrevista hoje (26), o secretário de Estado britânico das Forças Armadas, James Haepey, garantiu que existem informações credíveis que apontam para a preparação de um ato terrorista.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos