logo
Foco
/ Alessandro Valle/Abcdigipress / Alessandro Valle/Abcdigipress
Foco 26/08/2021

Covid-19: Seis cidades do ABC Paulista mantêm restrições ao comércio até 15 de setembro

Apenas São Caetano do Sul optou por seguir o Plano São Paulo.

Por : Metro World News

Seis das sete cidades do ABC Paulista decidiram, nesta quinta-feira (26), manter as restrições de horários e capacidade de ocupação dos comércios até o próximo dia 15 de setembro. Apenas São Caetano do Sul optou por seguir o Plano São Paulo, que já encerrou a quarentena desde o último dia 17.

Durante reunião por videoconferência do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC, os prefeitos de Santo André, São Bernardo do Campo, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra decidiram manter as restrições como prevenção à covid-19. Sendo assim, os estabelecimentos dessas cidades seguirão operando com 80% da capacidade e horário de funcionamento das 6h até a meia-noite.

Leia também:

Apenas São Bernardo do Campo continua com regras mais rígidas, sendo liberada a capacidade máxima do comércio em 60% e funcionamento até 23h.

O presidente do Consórcio ABC e prefeito de Santo André, Paulo Serra, afirmou que o objetivo da medida é manter a pandemia sob controle. “Decidimos pela continuidade das restrições enquanto a região segue evoluindo na vacinação e também para não passar para a sociedade a ideia que a pandemia acabou. Ainda é preciso cautela e precaução”, afirmou Paulo Serra.

Uma nova reunião deve acontecer em 10 de setembro para que os prefeitos reavaliem as flexibilizações.

‘Passaporte da vacina’

Os prefeitos também rejeitaram a implementação de um “passaporte da vacina” na região, documento que comprova que os cidadãos estão imunizados contra a covid-19, para entrada em eventos e estabelecimentos comerciais.

Segundo os administradores dos municípios, o objetivo é realizar ações educativas junto aos empresários para que informem os clientes e frequentadores sobre a importância da vacinação.