Foco

Sepultura coletiva é descoberta no ‘Vale da Morte’

Local utilizado para execuções durante a segunda guerra mundial foi descoberto por arqueólogos na Polônia.

Sepultura é descoberta no Vale da Morte

Uma das descobertas mais importantes sobre os crimes de guerra nazistas durante a Segunda Guerra Mundial foi feita na Polônia. Uma vala comum contendo restos mortais de ao menos 500 pessoas foi descoberta em um local conhecido como ‘Vale da Morte’. A descoberta horripilante está ligada com o terrível “Crime da Pomerânia”, que aconteceu na província polonesa de Pomerânia.

Conforme divulgado pelo Daily Mail, o número exato de pessoas assassinadas é desconhecido, mas acredita-se que ao menos 35.000 pessoas tenham morrido nesta região durante o início da guerra em 1939.

Na sepultura também foram descobertos objetos valiosos que pertenciam aos mortos. Os objetos incluem desde alianças de casamento, joias e relógios até canetas, copos, abotoaduras e restos de possíveis Bíblias de bolso.

Como indicativo dos crimes cometidos na região, foram encontrados cerca de 250 projéteis de balas alemãs e armas. O local foi descoberto no ano passado, mas somente agora os pesquisadores localizaram as valas contendo as ossadas e os artefatos.

Pesquisadores usam tecnologia de ponta para localizar o ‘Vale da Morte’

Os pesquisadores do Instituto de Arqueologia e Etnologia da Academia de Ciências da Polônia utilizaram uma combinação de tecnologia e relatos de testemunhas oculares para descobrir onde estavam localizadas as valas contendo os restos mortais.

Nos anos iniciais da guerra, os alemães mataram mais de 1000 moradores da região. Também foram mortos 40 civis, um padre e cerca de 200 pacientes de um hospital psiquiátrico da região. Tiroteios em massa também ocorreram no local em 1945. Estas informações levaram os cientistas a acreditar que a região pode conter mais de 1000 corpos enterrados.

Confira também:

  1. Nova descoberta impressionante é feita em um naufrágio egípcio
  2. Tempestade que atingiu Londres revela um achado histórico
  3. Antigo naufrágio egípcio é localizado por arqueólogos.
  4. Descubra a verdade por trás da imagem erótica encontrada em uma Igreja

O pesquisador principal, Dr. Dawid Kobialka, declarou que “Os corpos das vítimas foram jogados em valas e muitos foram queimados para esconder as evidências”.  O grupo de pesquisas utilizou fotografias históricas e imagens de satélite além de realizar pesquisas de campo para localizar as valas.

Conforme uma pesquisa realizada no tribunal municipal no ano de 1945, cerca de 1431 pessoas foram assassinadas no ‘Vale da Morte’.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos