Foco

Polícia do RJ indicia youtuber Raulzito por estupro de vulnerável contra duas crianças

Ele está preso desde o dia 27 de julho; polícia apura outras sete denúncias.

O influenciador digital e youtuber Raulino de Oliveira Maciel, conhecido como Raulzito, foi indiciado pela Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (DCAV), do Rio de Janeiro, por estupro de vulnerável contra duas crianças. Além disso, a investigação aponta que ele pode ter cometido crimes contra outras sete vítimas de outros estados do país.

O inquérito policial foi encaminhado ao Ministério Público, onde a polícia recomenda que seja feito o pedido para que a prisão dele, ocorrida no último dia 27, seja convertida de temporária para preventiva. Agora, o caso será analisado pelo órgão.

O Metro World News não conseguiu localizar a defesa do influencer até a publicação desta reportagem.

Leia também:

  1. Senado aprova proibição de armas para agressores de mulheres
  2. ‘Sommeliers de vacina’ já podem se vacinar contra covid-19 a partir de hoje em São Paulo
  3. Ninguém ganhou! Prêmio da Mega-Sena salta para R$ 41 milhões

Os estupros contra as duas crianças teriam sido cometidos em fevereiro e maio deste ano, nas cidades de Niterói (RJ) e São Caetano do Sul (SP), respectivamente. A investigação apontou que o youtuber usava um perfil em uma rede social para entrar em contato com as crianças, prometendo conseguir trabalhos em uma emissora de TV paulista.

Os responsáveis de dois menores compareceram à polícia para prestar queixa contra o homem e denunciar que ele se aproveitou dessa situação para cometer os estupros de vulneráveis.

Além das duas vítimas do Rio de Janeiro, a DCAV (Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima) em parceria com policiais de outros estados chegaram a denúncias associadas a outros sete menores: três deles no estado da Paraíba, outros três em São Paulo e um em Santa Catarina.

Influências

Raulzito é famoso nas redes sociais por fazer vídeos ao vivo de jogos de computador e videogame. A investigação policial aponta que ele usava essa fama para se aproximar das crianças oferecendo acesso a trabalhos em uma rede de televisão.

O perfil das crianças abordadas pelo influenciador era de menores com idades entre 10 e 14 anos, caucasianos, com cabelos longos e que, em geral, trabalham como artistas.

Após ser preso, Raulzito foi demitido do SBT Games, onde era produtor de conteúdo. 

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos