logo
Foco
/ Reprodução / Reprodução
Foco 31/07/2021

Acusado de inúmeros abusos sexuais, padre expulso da Igreja Católica morre aos 90 anos de idade; criminoso não foi condenado pelos atos

Por : Metro World News

Acusado de inúmeros abusos sexuais, o ex-padre Fernando Karadima morreu aos 90 anos de idade nesta semana no Chile.

Karadima foi condenado pelo Vaticano por abuso sexual em 2011, um caso que revelou um escândalo de abuso de menores perpetrado pelo clero local.

Apesar de ser condenado pelo Vaticano, ele só foi expulso do sacerdócio pelo Papa Francisco em 27 de setembro de 2018.

O ex-padre morreu em uma casa de saúde na capital Santiago. A longa história de abusos é um dos casos mais traumáticos do país chileno. 

Abusos sexuais
Reprodução

Acusado de inúmeros abusos sexuais, padre expulso da Igreja Católica morre aos 90 anos de idade; criminoso não foi condenado pelos atos

O ex-pároco da região de ‘El Bosque’ no Chile foi expulso do sacerdócio quase 4 décadas depois de cometer abusos contra menores.

A demora na punição do padre causou grande revolta na população do país da América do Sul.

No entanto, Fernando Karadima não foi condenado pelos crimes de forma judicial, em virtude das prescrições dos abusos sexuais. Confira

LEIA TAMBÉM: