logo
Foco
 /
Foco 27/07/2021

Liberação de calçadas pode elevar faturamento em até 50%

A liberação para que bares e restaurantes ocupem também calçadas para atendimento aos clientes na cidade de São Paulo deve elevar o faturamento dos estabelecimentos. A Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de São Paulo) calcula incremento entre 30% e 50% com a medida, em vigor desde sábado.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

A permissão era negociada com a prefeitura pelo setor, que amarga prejuízos com as restrições causadas pela pandemia de covid-19. “Os clientes também reclamavam da proibição do uso das áreas externas, pois sentiram falta da famosa ‘praia’ dos paulistanos”, afirma o presidente da Abrasel São Paulo, Joaquim Saraiva de Almeida. 

A nova liberação faz parte de flexibilização liberada pela Prefeitura de São Paulo após a marca de 80% da população adulta vacinada contra a doença. O decreto publicado no sábado também volta a permitir a realização de eventos na cidade, como feiras, convenções e congressos. Apenas as festas continuam proibidas.

A participação nos eventos fica restrita a pessoas que já tenham ao menos uma dose da vacina. Os realizadores terão ainda que seguir as regras e restrições de funcionamento dos estabelecimentos previstas no Plano São Paulo.