logo
Foco
 /
Foco 27/07/2021

Julho termina com onda de frio e geada

Por : André Vieira - Metro

O mês de julho vai se despedir dos paulistas com um abraço gelado que promete derrubar as temperaturas e provocar geadas até na Grande São Paulo. Prepara-se, pois nesta semana deveremos ter a maior onda de frio já registrada neste ano.

Na capital, o sol ainda vai aparecer nesta tarde, mas esse calorzinho, mesmo que fraco, já vai deixar saudades a partir da noite de hoje, anunciando a chegada do frio – que virá com força.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

A mínima, que nesta terça-feira ainda será de 14ºC, vai cair rapidamente a partir de amanhã e deve bater os 3ºC na sexta-feira, quando se espera a formação de geadas em todo o estado de São Paulo, segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia).

A quarta-feira ainda deve trazer um pouco de chuva isolada antes do frio congelar na quinta e na sexta-feira. Na Serra da Mantiqueira, na divisa com Minas Gerais, a expectativa é por temperaturas abaixo de zero, com até -4ºC.

“Tudo isso é consequência de uma grande e forte frente fria que avança sobre o país na última semana de julho e que virá associada a uma massa de ar frio de origem polar muito forte, possivelmente a mais forte deste ano até agora”, explicou em nota a Climatempo.

O frio deverá ser mesmo muito intenso, mas não é preciso exagerar, como tem ocorrido em textos que circulam nas redes sociais. Segundo a Climatempo, recordes pontuais podem ser batidos, mas não há previsão de que a capital vá superar a sua mínima histórica oficial de -2ºC, registrada em agosto de 1955. 

Sensação de até -25ºC no Sul do país 

A onda de frio que vai varrer o país nesta semana chegará primeiro e será mais intensa nos estados da Região Sul, mas também terá reflexos por todo o Sudeste e partes do Centro-Oeste, Nordeste e Norte, com menos força. Nas serras catarinense e gaúcha, as temperaturas podem chegar a -10ºC. Combinada com a ação dos ventos, a sensação térmica poderá bater -25ºC nas áreas mais elevadas. Pode nevar amanhã e quinta-feira em partes dos três estados do Sul. Curitiba, capital do Paraná, deverá ter a mínima mais baixa: -2ºC.