logo
Foco
/ Ian Forsyth/Getty Images / Ian Forsyth/Getty Images
Foco 26/07/2021

Intervalo entre doses da Pfizer vai ser de 21 dias, diz Ministério da Saúde

Atualmente, o intervalo praticado é de três meses

Por : Metro World News

O Ministério da Saúde diminuirá para 21 dias o intervalo entre as duas doses da vacina da Pfizer. A confirmação foi dada nesta segunda-feira (dia 26) pelo secretário-executivo da Pasta, Rodrigo Cruz.

Atualmente, o intervalo praticado é de três meses. A justificativa até então era que um prazo maior contribuiria com a vacinação de mais pessoas com a primeira dose.

Leia também:

Criança de 5 anos acende isqueiro e coloca fogo em casa no Paraná

Policial atira em homem após discussão sobre fezes de cachorro

Máxima em São Paulo chega aos 28ºC nesta terça-feira; tempo vira na quarta, diz previsão

A antecipação da segunda dose vai depender do cenário de abastecimento no país. Segundo Cruz, o laboratório também está sendo ouvido. Deve-se chegar à conclusão nos próximos dias, com a definição das doses de agosto.

Importante lembrar que o intervalo de três meses entre as duas doses da Pfizer não foi recomendado pela fabricante na bula.

Sobre a vacina da AstraZeneca, o secretário disse ainda que há a possibilidade de também haver diminuição do intervalo, mas o foco do Ministério da Saúde agora é a Pfizer.