Foco

Prefeitura de SP examina possibilidade de transmissão comunitária da variante Delta

A Prefeitura de São Paulo considera a possibilidade de transmissão comunitária da variante Delta do coronavírus, segundo nota enviada à imprensa pela Secretaria Municipal da Saúde. A dúvida persiste porque a origem da infecção pela cepa identificada em um homem de 45 anos não foi confirmada. «Dessa forma, pode-se considerar a possibilidade de transmissão comunitária da variante no município», diz o comunicado.

O paciente que contraiu a variante apresentou os primeiros sintomas em 19 de junho e não tem histórico de viagens ao exterior ou contato com viajantes. Parentes também foram testados, mas a cepa não foi identificada.

LEIA TAMBÉM:

  1. Apertem os cintos: Mega-Sena acumula de novo; veja prêmio milionário
  2. DJ Ivis é preso no Ceará por agressões contra ex-mulher
  3. VÍDEO: Homem é flagrado agredindo brutalmente ex-namorada no trabalho e mesmo assim é solto

A variante Delta, identificada pela primeira vez na Índia, tem colocado autoridades sanitárias em alerta pelo alto grau de transmissibilidade. Até o momento, porém, estudos indicam que as vacinas contra covid-19 utilizadas no País oferecem proteção à cepa, ainda que, possivelmente em menor grau.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos