Foco

Morador da capital leva prêmio de R$ 1 milhão da Nota Fiscal Paulista

Sorteio de julho também premiou outros 4 consumidores com R$ 500 mil

Um morador da Vila Albertina, em São Paulo, ganhou o prêmio de R$ 1 milhão no sorteio de julho da Nota Fiscal Paulista. Ele concorreu com 71 bilhetes e conseguiu levar a maior premiação. Além dele, três consumidores da capital e um do município de Descalvado, no interior, vão receber R$ 500 mil cada. O resultado total está disponível no site do programa.

De acordo com a Secretaria da Fazenda e Planejamento de São Paulo, o sorteio de julho foi a 152ª edição do programa. No total, 10 consumidores receberam prêmios de R$ 100 mil, 15 de R$ 50 mil, 20 de R$ 10 mil, 50 de R$ 5 mil e 500 prêmios de R$ 1 mil.

Puderam concorrer os consumidores cadastrados que efetuaram compras em março deste ano e solicitaram a inclusão do Cadastro de Pessoa Física (CPF) e Cadastro de Pessoa Jurídica (CNPJ) no documento fiscal. No total, foram sorteados 655 prêmios que totalizam R$ 6,7 milhões.

Leia também:

  1. Apertem os cintos: Mega-Sena acumula de novo; veja prêmio milionário
  2. Lotofácil: um dos ganhadores é do interior de São Paulo

No sorteio exclusivo para as entidades filantrópicas, cinco instituições foram premiadas com R$ 100 mil, cada: Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Jundiaí, a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Atibaia, a Associação Barretense Vida Nova (Abavin) de Barretos, a Obras Promocionais de Cristo Ressuscitado de São Paulo, e a Associação Santa Casa de Misericórdia de Ourinhos. Outras 50 instituições foram sorteadas com prêmios de R$ 10 mil, somando o valor de R$ 1 milhão.

Para concorrer, o consumidor que pede a Nota Fiscal Paulista deve se cadastrar no site do programa e aderir ao regulamento. As adesões até o dia 25 de cada mês permitem a participação já no mês seguinte. Uma vez feito o aceite às regras dos sorteios, não há necessidade de repetir a adesão, que vale para todas as extrações. Cada R$ 100 em compras dá direito a um bilhete eletrônico para disputar os sorteios.

Desbloqueio dos prêmios

Em razão das medidas protetivas de combate ao Covid-19, para evitar aglomerações, a secretaria não realizará a tradicional cerimônia de premiação e os ganhadores serão contatados para desbloqueio dos prêmios.

O intuito da ligação é agendar a presença do ganhador em um Posto Fiscal mais próximo, munido de documentação que comprove sua identidade, para desbloqueio do prêmio. Veja no portal as orientações de como resgatar os prêmios.

Impedimentos ou restrições

Os consumidores com créditos acumulados ou prêmios da Nota Fiscal Paulista, mas que tenham algum tipo de pendência com o Estado, inscritos no Cadastro Informativo Municipal (Cadin), estão impedidos de resgatá-los até que as dívidas sejam quitadas.

Para as entidades filantrópicas cadastradas, além do procedimento de desbloqueio vigente, é importante ressaltar que para resgatar o prêmio a instituição deve estar com o Certificado de Regularidade Cadastral de Entidade (CRCE) liberado, conforme a legislação do programa.

Nota Fiscal Paulista

A Nota Fiscal Paulista, criada em outubro de 2007, distribui até 30% do ICMS efetivamente recolhido pelos estabelecimentos comerciais aos consumidores que solicitam o documento fiscal e informam CPF ou CNPJ, proporcional ao valor da nota.

No total, a Nota Fiscal Paulista devolveu aos participantes do programa mais de R$ 17,2 bilhões, sendo R$ 15,4 bilhões em créditos e R$ 1,8 bilhão em prêmios nos 152 sorteios já realizados.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos