logo
/ Freepik / Freepik
Foco 14/07/2021

Governo de São Paulo vai pagar R$ 500 para pais de alunos trabalharem em escolas

Serão selecionadas 20 mil pessoas para ajudar nos protocolos de combate à Covid-19

Por : Metro World News

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou nesta quarta-feira (14) a contratação de 20 mil familiares de alunos da rede estadual para trabalhar nas escolas. O objetivo é que essas pessoas auxiliem no cumprimento dos protocolos de combate à Covid-19 no retorno às aulas presenciais. Os contratados receberão um auxílio mensal de R$ 500.

O programa “Bolsa do Povo Educação” prevê que os selecionados, pais ou responsáveis de estudantes carentes, cumpram uma carga horária de 4 horas por dia até dezembro. Os interessados deverão se inscrever no site do programa de 19 a 31 de julho.

Leia também:

O governador explicou que serão selecionadas pessoas de 18 a 59 anos cadastradas no CadÚnico, desempregadas há mais de 3 meses e que morem nas imediações da escola escolhida, em um raio de até 2 quilômetros. “Essa é uma iniciativa inédita no país que vai gerar renda para as famílias, proximidade com as escolas, e que vai garantir os laços afetivos e protetivos entre os envolvidos”, destacou.

Segundo Doria, serão investidos R$ 60 milhões no programa até o fim do ano e que os familiares já começarão a trabalhar em 16 de agosto.

Inscrições

O cadastro para quem quer concorrer às vagas deve ser feito exclusivamente pela internet, no site do Bolsa do Povo. Em seguida, deve entrar na seção “Educação”, no qual aparecerá a opção para a inscrição.

Além dos documentos pessoais de identificação (RG e CPF) e comprovante de endereço, o interessado terá que apresentar o número de registro do aluno (RA) do qual é parente. Essa informação pode ser obtida na escola em que o estudante está matriculado.

No ato da inscrição, a pessoa também terá que indicar três escolas de interesse. “Estamos pedindo que as escolas fiquem abertas para auxiliar a comunidade a fazer essas inscrições”, destacou o secretário da Educação, Rossieli Soares.

Calendário

  • De 19/07 a 31/07 – Período de inscrições
  • 02/08 – Início das entrevistas com os candidatos
  • 16/08 – Início das contratações