logo
 /
Foco 09/06/2021

Novo Anhembi começará a sair do papel em 2022

Por : André Vieira - Metro

O Complexo Anhembi, na zona norte de São Paulo, começará a ganhar nova cara a partir do próximo ano. A transformação se dará pela modernização dos equipamentos atuais e a abertura de atrações no local, agora administrado pela iniciativa privada. A previsão é finalizar as obras no segundo trimestre de 2024.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

O projeto daquele que promete ser um dos maiores centros de eventos da América Latina foi apresentado ontem pela Prefeitura de São Paulo e pelo novo concessionário, a GL events Brasil. A multinacional francesa venceu em janeiro, por R$ 53,7 milhões, a licitação para gerir, manter e explorar o Anhembi pelos próximos 30 anos.

A primeira mudança será no nome do tradicional espaço de turismo, negócios e eventos da cidade, que agora passará a ser chamado de Distrito Anhembi.

Entre outras novidades, foi anunciada a construção de arena multiuso com capacidade para até 20 mil pessoas. A previsão da GL events é de que o espaço receberá até 150 shows, feiras, congressos e competições esportivas e de jogos eletrônicos por ano.

O projeto também prevê a construção de hotel, prédio residencial para locação de apartamentos mobiliados, hospital e boulevard com lojas, restaurantes e serviços, além de espaços de coworking e estúdios para gravações de audiovisual.

O sambódromo, o centro de convenções e o pavilhão de exposições, que já funcionam no Anhembi, serão revitalizados e também deverão ser reinaugurados em 2024.

Todo o projeto deverá ser concluído nos próximos cinco anos, com investimento de mais de R$ 1 bilhão. Em um mundo ainda distante, com autorização para realização de eventos sem as restrições atuais, a expectativa é de que o Distrito Anhembi movimente até R$ 5 bilhões por ano. “Todo este investimento é fundamental para atrair recursos para a cidade em um pós-pandemia”, disse o prefeito Ricardo Nunes (MDB).