logo
A Índia já acumula 28 milhões de infectados pelo vírus / A. Mukherjee/Getty ImagesA Índia já acumula 28 milhões de infectados pelo vírus / A. Mukherjee/Getty Images
Foco 07/06/2021

Índia anuncia reabertura gradual

Redução de casos. O país asiático alcançou o menor número diário de novos casos da covid-19 em dois meses. Agora, parte do comércio começa a reabrir

Com o número de infecções por covid-19 caindo na Índia, autoridades do país anunciaram ontem que parte do comércio indiano já tem permissão para começar a reabrir de forma gradual a partir de hoje. Ontem, a Índia reportou novas 114 mil infecções pela covid-19. Apesar do índice continuar alto se comparado com outros países, ele é o menor número alcançado pelo governo indiano nos últimos 60 dias, segundo dados do Ministério da Saúde.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

“Todas as lojas e shoppings estão sendo abertos com base na política ímpar-par e metade das lojas abrirão em um dia e o restante no outro dia, das 10h (horário local) às 20h (horário local) ) à noite”, explicou o ministro-chefe de Déli, Arvind Kejriwal. O transporte público, como trens e metrô, também volta a operar a partir de hoje com 50% da capacidade.

De acordo com a agência de notícias Reuters, a reabertura econômica também deve acontecer em Uttar Pradesh, estado mais populoso do país, e em Gurajat, onde todas as empresas públicas e privadas poderão reabrir suas portas com 100% da capacidade. Kejriwal afirma que o distrito de Déli está preparado para lidar com até 37 mil novos casos diários de covid-19 na região. Até agora, os números não passaram de 28 mil novos pacientes para a doença em 24 hrs na região.

Terceira onda

Apesar do otimismo das autoridades indianas em retomar parte do comércio com a redução de casos diários, especialistas ainda alertam para uma terceira onda da covid-19 no país. Segundo a Reuters, por mais que a Índia tenha aumentado sua capacidade de imunização, sua população de 1,3 bilhão de pessoas não deve estar completamente vacinada até o fim deste ano.

Ao todo, a Índia reportava, até ontem, 28,8 milhões de pacientes da covid-19 e mais de 346 mil mortes em virtude da doença. O país já administrou 225 milhões de doses do imunizante contra a covid-19, segundo dados da plataforma Our World In Data.