logo
/ Foto: Divulgação / Foto: Divulgação
Foco 05/06/2021

Estado de São Paulo faz ‘Dia D’ para aplicação da segunda dose da vacina contra a covid-19

Iniciativa pretende imunizar mais de 500 mil pessoas

Por : Metro World News

O Estado de São Paulo faz neste sábado (dia 5) o “Dia D” contra a covid-19. Trata-se de um mutirão para imunizar quem já deveria ter tomado a segunda dose da vacina, mas não retornou aos postos.

A iniciativa pretende vacinar mais de 500 mil pessoas que não completaram o esquema vacinal.

Leia também:

Queiroga: governo antecipa entrega de 3 milhões de doses da vacina da Janssen para junho

Mais de 5 mil pontos de vacinação no Estado estão abertos. Deverão ser vacinadas as pessoas que estão com mais de 28 dias atrasados com relação a doses da Vacina do Butantan e mais de 12 semanas do imunizante da Fiocruz/Astrazeneca.

Levantamento da Secretaria de Estado da Saúde divulgado na semana passada aponta que 501.693 pessoas que já receberam a primeira dose dos imunizantes estão com a segunda dose atrasada. O total inclui 212.403 pessoas que não tomaram a vacina da Fiocruz/Astrazeneca e outros 289.290 referentes à vacina do Butantan.

Do total de pessoas que não tomaram as doses da Fiocruz/Astrazeneca, 80% são idosos de 80 a 89 anos de idade. O restante do público são profissionais de saúde.

Ao longo desta semana, funcionários de saúde fizeram uma busca ativa para encontrar o público-alvo da ação e incentivá-lo a comparecer ao mutirão.

O esquema de drive-thrus está interrompido na Capital e voltará a funcionar somente na segunda-feira (dia 7). Confira aqui os endereços onde é possível tomar a vacina na cidade hoje.