logo

A Polícia Federal prorrogou a validade dos documentos vencidos de migrantes e refugiados durante a pandemia até o dia 16 de setembro.

Segundo portaria, publicada no Diário Oficial, “protocolos de atendimento referentes à regularização migratória, carteiras de registro nacional migratório e outros documentos relativos às atividades de Polícia de Imigração produzidos pela Polícia Federal expirados a partir de 16 de março de 2020 devem ser aceitos como válidos para todos os efeitos e poderão ser utilizados até o dia 16 de setembro de 2021, inclusive para fins de ingresso, de registro, renovação ou transformação de prazo”.

A ONG Caritas elaborou um material informativo em português e espanhol para divulgar a nova data e prestar apoio a essa população.

A equipe de proteção da organização ressalta que os setores público e privado, como comércio, serviços e bancos, devem aceitar os documentos como válidos para todos os fins. Caso os migrantes ou refugiados enfrentem problemas em algum estabelecimento, é possível obter ajuda pelo telefone (11) 9 7630-8023. Mais informações pode ser obtidas no site da Caritas.