logo
Imagem ilustrativa. / PixabayImagem ilustrativa. / Pixabay
Foco 29/04/2021

Estado prevê vacinar 100 mil gestantes

O governo de São Paulo estimou que entre 85 mil e 100 mil gestantes com comorbidades devem ser vacinadas contra a covid-19. A estratégia ainda é desenhada e não há uma data para o início da campanha. O assunto deverá ser discutido hoje em reunião do PEI (Programa Estadual de Imunização).

As gestantes e puérperas (até 45 dias do pós-parto) foram colocadas no grupo prioritário da vacinação anteontem pelo Ministério da Saúde, que também não definiu a data nem determinou quais comorbidades devem ser consideradas, como diabetes e hipertensão.

A ausência destes pontos foi criticada pela coordenadora do PEI paulista, Regiane de Paula. “O ministério, muitas vezes, te dá uma narrativa, mas o estado precisa usar isso com muito zelo, pois pode ser que consigamos atender a tudo e pode ser que não.”

A partir de hoje, começam a ser vacinados em São Paulo os idosos com 63 anos, que somam 420 mil pessoas em todo o estado.