logo
/ Getty Images / Getty Images
Foco 29/04/2021

Cuidado: variação no preço de medicamentos pode chegar a 122% em SP

Por : Metro World News

Um levantamento feito pelo Procon-SP em uma lista com 26 medicamentos de referência  vendidos nas principais drogarias constatou diferenças de preço que ultrapassam os 100%.

Um dos medicamentos que teve a maior diferença de preços é o Pamelor (cloridrato de nortriptilina), usado para tratamento de depressão, foi cotado em R$ 22,88 em um local e por R$ 50,99 em outro, uma diferença de 122,8%.

Outro medicamento cuja variação também chamou a atenção dos pesquisadores foi o Citalor, usado para tratar o aumento do colesterol no sangue e que registrou uma diferença de 46,84%. O remédio foi encontrado por R$ 78,99 e R$ 115,99.

A pesquisa foi realizada pelo Núcleo de Inteligência e Pesquisas da Escola de Proteção e Defesa do Consumidor do Procon-SP nos dias 14 e 15 de abril e levou em consideração o valor anunciado no dia e horário nos sites, sem incluir no preço descontos ou frete.

De acordo com o Procon, a Drogaria São Paulo apresentou a maior quantidade de produtos com preços menores (20 entre 24 medicamentos encontrados), seguida pela Ultrafarma, Farma Corde, Drogasil e Pague Menos.

Clique aqui e veja a pesquisa completa do Procon-SP.