logo
Por enquanto, porém, só comércio essencial pode abrir ao público / Rovena Rosa/Agência Brasil
Foco 28/04/2021

São Paulo estende horário de funcionamento do comércio e serviços

Após uma semana com queda nos indicadores de internações e mortes por covid-19, o governador João Doria anunciou nesta quarta a prorrogação da fase de transição do Plano São Paulo, mas estendeu o horário de funcionamento para o comércio em todo o estado.

No último anúncio, ficou definido que o comércio e serviços poderiam funcionar entre 11h e 19h, agora com o relaxamento anunciado os bares, restaurantes, salões de beleza, barbeiros, academias e estabelecimentos com atividades culturais poderão funcionar das 6h às 20h, com atendimento presencial limitado a 25% da capacidade.

LEIA TAMBÉM:

Boninho garante famosas provas de comidas intragáveis em ‘No Limite’

Prêmio da Mega-Sena desta quarta renderia na poupança R$ 44 mil

Igrejas e espaços religiosos também mantêm a liberação de funcionamento, com manutenção dos protocolos de higiene e distanciamento social. Parques estaduais e municipais podem ficar abertos entre 6h e 18.

A medida começa a valer a partir do próximo sábado (dia 1).

O toque de recolher entre 20h e 5h continua em todo o estado, assim como as recomendações de teletrabalho e escalonamento de horários para trabalhadores do comércio, indústria e serviços.

A fase de transição do Plano São Paulo continua até 9 de maio, quando será reavaliado os horários de funcionamento dos estabelecimentos, em função do avanço da doença.

De acordo com os dados divulgados pelo governo nesta quarta-feira, a taxa de ocupação de leitos de UTI por pacientes com covid-19 caiu para 80% no estado, e para 78,4% na Grande São Paulo.

Leitos de UTI

O número de pacientes internados em UTI com covid-19 no estado é de 10.426 atualmente, com outros 11.686 internados em enfermarias.