logo
Instituto Butantan vai desenvolver a ButanVac / Eduardo Anizelli/ Folhapress
Foco 23/04/2021

ButanVac pode ser liberada até o começo do ano que vem

Por : Metro com Band

A ButanVac, vacina contra a covid-19 que está sendo desenvolvida pelo Instituto Butantan, poderá ser liberada para uso até o fim deste ano ou no começo do ano que vem, considerando o cenário mais otimista.

A previsão foi feita ontem pelo diretor de Pesquisa Clínica do Butantan, Ricardo Palácios, em entrevista à Rádio Bandeirantes.

“Se tudo der certo, talvez tenhamos uma resposta concreta nas últimas semanas do ano ou no começo do ano que vem. Se não sair tão bem, tivermos problemas de percurso, como uma resposta inadequada do candidato a imunizante perante as variantes, terão que ser feitas modificações que podem prolongar por mais seis meses”, afirmou.

Segundo Palácios, os primeiros lotes já estão em produção e serão usados nos estudos clínicos tão logo o instituto receba autorização da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para iniciar os testes de segurança e eficácia com voluntários.

Anunciada pelo governo do estado no mês passado, a ButanVac já está sendo desenvolvida há um ano e tem método de produção prático e barato, que usa ovos de galinha para produzir as vacinas e não depende de insumos importados.

O pedido para início dos testes em humanos foi feito no último dia 26 de março e ainda não há prazo para a liberação pela Anvisa. 

“Temos uma vantagem e um desafio [com a ButanVac]. A vantagem é que já aprendemos muitas coisas desde o início da pandemia, agora está mais fácil do que quando começamos a desenvolver a CoronaVac, por exemplo. O que dificulta é a situação das variantes” disse Palácios.