logo
Foco
/ Rivaldo Gomes/Folhapress / Rivaldo Gomes/Folhapress
Foco 15/04/2021

Escolas voltam a operar presencialmente em São Paulo

Por : Metro World News

Desde esta quarta-feira, as escolas da rede estadual de São Paulo voltaram às atividades presenciais, seguindo determinação do governo do estado, que anunciou na semana passada o fim da fase emergencial do Plano São Paulo e a reclassificação para a fase vermelha.

As aulas presenciais não são obrigatórias e devem seguir as regras de segurança contra a covid-19, como limite de 35% de ocupação das salas, exigência da máscara, entre outros, mas mesmo assim a Secretaria Estadual da Educação acredita que pelo menos 500 mil estudantes voltem às salas de aula em todo o estado.

LEIA TAMBÉM:

Mega-Sena não saiu para ninguém

Dois apostadores dividem o prêmio da Lotofácil

A Secretaria orientou que as escolas priorizem o atendimento presencial para alunos com severos problemas de aprendizado, que não tenha acesso à tecnologia, em situação de vulnerabilidade que necessitem da alimentação escolar e estudantes com saúde mental sob risco.

“Nós estamos voltando de forma não obrigatória, mas as escolas precisam estar abertas para quem precisa, seja no aspecto social, de vulnerabilidade econômica, mas também na vulnerabilidade de aprendizagem. Vamos voltar vagarosamente com todos os cuidados. Além disso, sempre tivemos um cuidado e controle muito grande com o cumprimento dos protocolos”, disse o secretário Estadual de Educação, Rossieli Soares.

Covid-19

Até esta terça-feira, já haviam sido contabilizadas 361.884 mortes de covid-19 no Brasil, que somava o total de 13.673.509 casos diagnosticados.

São Paulo lidera a lista de estados com mais mortes por coronavírus, com 85.475 casos, seguido pelo Rio de Janeiro, com 40.091, Minas Gerais (28.636), Rio Grande do Sul (22.565) e Paraná (19.715).

O estado com menor número de mortes por covi-19 foi o Acre, com 1.374 óbitos.