logo
/ Getty Images
Foco 14/04/2021

Bitcoin flerta agora com patamar dos US$ 65 mil

Após ultrapassar o recorde de US$ 63 mil na madrugada desta quarta-feira, o bitcoin está muito próximo de estabelecer um novo recorde em seu valor de negociação, na casa dos US$ 65mil.

Nesta quarta-feira, a moeda virtual chegou a ser cotada em US$ 64,5 mil, mas no final do dia registrava queda de 1,55%, negociada em US$ 62.053.

A grande notícia do dia que ajudou a impulsionar o bitcoin foi a abertura do capital da Coinbase, a maior plataforma de negociação de criptomoedas dos Estados Unidos, na bolsa Nasdaq, pregão que concentra as ações das principais empresas de tecnologia do mundo.

LEIA TAMBÉM:

Por 10 votos a 1, STF confirma abertura da CPI da Pandemia

Mega-Sena sorteia mais um superprêmio nesta quarta-feira

Com isso, a moeda digital que havia iniciado 2021 valendo US$ 29 mil, já havia atingido na madrugada desta quarta seu recorde histórico, de US$ 63 mil, e chegou a ultrapassá-lo durante o dia.

Além do IPO da Conbase, o bitcoin já vinha apresentando uma taxa de crescimento muito acima de qualquer aplicação de mercado graças à notícias de investimentos de empresas como Tesla e MicroStrategy e avais de grandes grupos financeiros, como PayPal, Banco de New York Mellon e MasterCard.

Acompanhe em tempo real a cotação do Bitcoin e outras criptomoedas: