logo

O site de currículos BNE (Banco Nacional de Empregos) divulgou ranking das 10 profissões que contam com os melhores salários neste primeiro trimestre de 2021. As áreas de tecnologia e saúde se destacam no levantamento.

Confira os cargos e suas médias de remuneração:

Diretor Administrativo Financeiro – R$ 21.984,00

Diretor Executivo – R$ 20.251,61

Diretor de TI – R$ 20.103,24

Diretor Financeiro – R$ 19.839,56

Diretor Comercial – R$ 17.954,88

Diretor Jurídico – R$ 17.745,84

Diretor de Comércio Eletrônico – R$ 17.158,97

Gerente de Engenharia – R$ 15.924,56

Diretor hospitalar – R$ 15. 566,96

Plantonista médico – R$ 14.390,94

Como se nota, a maior parte das vagas com melhores rendimentos são de chefia e, claro, isso não surpreende. Se você ainda não se encaixa nesse nível, mas deseja ocupar esse espaço em breve, vale a pena se preparar desde já. “É muito importante que os candidatos tenham objetivos profissionais, para entender qual caminho devem trilhar e, por fim, ocupar a posição desejada, seja na gerência ou diretoria”, afirma José Tortato, gerente de negócios do BNE.

Leia também: 

O especialista aponta que cursos de extensão, como pós-graduações ou MBAs são importantes para adquirir conhecimento, demonstram interesse em evoluir e podem ser um caminho para se atualizar, mas eles não garantem um cargo de chefia. “As empresas quando vão contratar profissionais deste calibre se preocupam muito com os retornos que terão com esses profissionais, seja para evoluir o negócio ou resolver um problema latente. E não é a especialização que vai fazer a empresa contratar. Temos até casos emblemáticos de grandes líderes que não tinham essa formação e construíram um legado fantástico, como Bill Gates com a Microsoft, Steve Jobs com a Apple e Mark Zuckerberg com Facebook.”

Os setores em destaque no estudo não aparecem ao acaso. A pandemia impulsionou as áreas e, segundo Tortato, a tendência deve prevalecer. “A Covid-19 não parece que vai ser controlada tão rápido como desejamos. A vacinação em massa não está acontecendo de uma forma ágil. Assim, os cargos de lideranças de saúde e tecnologia vão continuar em alta”, aposta.