'Tomou todo o achocolatado': Mulher é presa acusada de queimar o próprio filho de 7 anos

Por Leandro Luz

Amanda Sousa Cruz, de 22 anos, foi presa recentemente acusada de um crime que poderia ter resultado em um acidente fatal. Aos que se perguntam o motivo, ela jogou água fervendo, causando graves ferimentos no filho de 7 anos, após descobrir que a criança havia consumido todo o achocolatado.

Em entrevista, João Fagioli, delegado que conduz o caso, deu mais detalhes sobre o fato: “Ela disse que estava de 'cabeça quente' e que quando estava fazendo o leite da filha menor viu que não havia mais achocolatado, porque o menino tinha tomado. Disse que fez isso com intuito de castigá-lo”, relatou.

Amanda chegou a levar o filho ao hospital, local em que teria confessado o ataque, e ao retornar foi presa em flagrante.

 

Leia também:

 

Além de ser detida acusada de lesão corporal grave, a mãe da criança pode ser processada por crime de maus tratos, informação que está sendo investigada pela polícia. “No depoimento, a criança disse que os castigos físicos eram comuns”, reforçou o delegado.

A mulher, que é viúva e estava desempregada, morava com dois de seus três filhos.

Por fim, segundo detalhes compartilhados, como não há parentes na cidade, a criança segue sob cuidados do Conselho Tutelar. O caso já foi comunicado à Defensoria Pública do Estado do Pará. (Com UOL).

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo