Frio deixa EUA em alerta

Temperaturas glaciais. Com sistema de energia sobrecarregado, estado do Texas tem milhares sem luz, água e aquecimento em casa

Por Metro

A falta de energia e água no estado norte-americano do Texas tem causado uma tragédia sem precedentes nos Estados Unidos. Com o fornecimento interrompido em virtude da nevasca que assola a região central e nordeste do país, a falta de luz impede que americanos se aqueçam e se refugiem do frio.

Segundo autoridades locais, foram reportadas 38 mortes desde que o inverno ganhou força, na semana passada. Na quarta-feira, eram 21 vítimas.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

“As pessoas estão com raiva, confusas e frustradas, e eu também. Muitas não sabem a gravidade do que está acontecendo aqui. As pessoas estão derrubando suas cercas para queimar”, disse em lágrimas à CNN o prefeito de Austin, no Texas, Steve Adler.

Ainda ao canal de notícias norte-americano, a enfermeira Angel Garcia contou que está sem aquecimento na casa em que mora com a família e, como saída, eles têm usado blocos de brinquedos dos filhos como lenha para se aquecer durante as temperaturas negativas.

O governador do Texas, Greg Abbott, fez um alerta para que a população se prepare para o sofrimento contínuo em virtude do frio. De acordo com o republicano, a expectativa é de que as temperaturas comecem a melhorar a partir de amanhã. “A maior parte do estado estará abaixo de zero”, lamentou o governador.

Apesar da previsão de melhora, até ontem, quase 7 milhões de residentes do Texas receberam um alerta que poderiam ficar sem água quente –  outros 263 mil já não tinham água em casa. E mais de 500 mil estavam sem energia elétrica.

Pessoas sem abastecimento de água relatavam ontem estar descongelando a neve para usar para descargas e lavar louças. Embora o CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças) tenha dito que o derretimento da neve para água potável era “uma medida de emergência, se nenhuma outra água estivesse disponível”, também foi citado como uma opção de emergência pela FDA (agência sanitária norte-americana).

De acordo com o jornal The New York Times, a neve cobriu quase três quartos do território continental dos Estados Unidos e interrompeu as campanhas de vacinação contra a covid-19.

Outros quatro estados americanos sofrem com falta de luz. São eles: Mississipi, Louisiana, Oregon e Kentuck – reporta o site que mapeia a interrupção de energia nos EUA, PowerOutage.us.  

Loading...
Revisa el siguiente artículo