Nevasca deixa milhões sem energia nos Estados Unidos

Por METRO com Agências

Ao menos cinco milhões de pessoas ficaram sem energia nos Estados Unidos após uma tempestade de inverno que atingiu a região central e nordeste do país. Desde que a estação começou a causar estragos na semana passada, cerca de 20 pessoas morreram – algumas por frio ou durante tentativas de escapar dele. Cerca de onze vítimas foram reportadas nesta semana.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

De acordo com o site PowerOutage.us (em português “Interrupção de Energia”), ao menos 4,4 milhões de pessoas ficaram no escuro no estado do Texas. A situação também afetou 229 mil em Oregon, 154 mil em Luisiana, 146 no Kentucky e 142 mil em Oklahoma. Sem energia por horas, pessoas precisaram enfrentar temperaturas congelantes sem uma estimativa de quando a luz voltaria.

Em Houston, uma mulher e uma menina morreram de envenenamento por monóxido de carbono depois que um carro foi deixado funcionando em uma garagem para gerar calor, conforme relatou ontem a polícia local. Em Louisiana, uma pessoa faleceu após ter escorregado no gelo e batido a cabeça. Já outras duas morreram em dois acidentes de trânsito diferentes causados pelas condições climáticas ruins em Kentucky.  Ontem, um tornado deixou três mortos e dez feridos na Carolina do Norte. Ainda não há confirmação de que o fenômeno esteja relacionado às nevascas.  A expectativa é que a tempestade de gelo continue durante toda a semana.

Europa

Uma forte nevasca atingiu Atenas e outras regiões da Grécia e cobriu de branco  Acrópole, sítio arqueológico e importante patrimônio mundial. A neve é comum na região de montanhas e no norte do país, mas raramente atinge a capital.  A neve forçou a interrupção de serviços de transporte e até a vacinação contra a covid-19.

Loading...
Revisa el siguiente artículo