Ministério da Saúde confirma mais 54 milhões de doses da CoronaVac

CoronaVac. Governo federal assinou contrato com o Instituto Butantan que garante a distribuição nacional de novo lote do imunizante, que será entregue em fases até setembro

Por Metro

O Ministério da Saúde anunciou na terça-feira (16) a compra de mais 54 milhões de doses da vacina CoronaVac. O imunizante contra a covid-19 é desenvolvido pela empresa chinesa Sinovac e produzida no Brasil pelo Instituto Butantan, ligado ao governo do estado de São Paulo.

Com a aquisição, a expectativa é distribuir 100 milhões de doses do imunizante  contra a doença até setembro. Anteriormente, outras 46 milhões de doses da vacina já haviam sido adquiridas.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

O secretário-executivo, Elcio Franco, lembrou que a pasta tinha a opção de comprar essa remessa adicional da CoronaVac até 30 de maio, como previsto no acordo, mas que preferiu se antecipar. A espera pela assinatura do contratou chegou a gerar impasse entre o ministério e o Butantan.

Além da Coronavac, o país receberá até dezembro mais 42,5 milhões de doses de vacinas fornecidas pelo consórcio Covax Facility. Já com a Fundação Oswaldo Cruz estão contratadas mais 222,4 milhões de doses da AstraZeneca, que começaram a ser entregues no mês passado.

O Ministério da Saúde espera assinar nos próximos dias contratos para a compra de mais 40 milhões de doses de vacinas, sendo 10 milhões da russa Sputnik V e 30 milhões do imunizante indiano Covaxin.  

Loading...
Revisa el siguiente artículo